Piracicaba bate recorde de mortos em um dia: 14 óbitos

Foto: Claudinho Coradini/JP

Piracicaba registrou ontem recorde de mortes por covid-19. A Secretaria de Saúde confi rmou nesta sexta-feira, 14 óbitos em razão da doença. As vítimas são noves homens de 47, a 79 anos e cinco mulheres de 27 a 83 anos de idade. Com as mortes o número de vítimas fatais no município aumentou para 721. Já em relação aos infectados pela doença, foram mais 248 pessoas nas últimas 24 horas, sendo 139 mulheres (com idade entre cinco e 86 anos) e 109 homens (entre dois e 74 anos), elevando o número de contaminados para 42.194.

O município também registra 39.265 pessoas recuperadas da doença, 2208 pessoas em tratamento, 1.184 casos suspeitos e 75.377casos descartados.

NO ESTADO

Já o Estado de São Paulo registrou ontem 2.618 milhões de casos confi rmados e 81.750 mortes pela covid-19. Entre os infectados, 2.229 milhões estão recuperados e, desse total, 264.492 estiveram internados e receberam alta hospitalar.

Ontem, havia 27.701 internados com quadros graves da doença, sendo 12.628 em leitos de Terapia Intensiva e 15.073 em enfermaria. São 446 pessoas hospitalizadas a menos em comparação ao balanço de ontem, que registrava mais de 28,1 mil, mantendo a tendência de queda.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI se mantêm em queda com registro de 88% no Estado e de 86,2% na Grande São Paulo, as menores do mês de abril. Até o dia 11 de abril, seguirá vigente a Fase Emergencial do Plano São Paulo, com a manutenção das restrições mais rígidas visando garantir a assistência a vida e conter a sobrecarga em hospitais de todo o Estado, além de frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus. Com a queda de internações por covid-19, todo o Estado retorna para a Fase Vermelha até o próximo dia 18, mantendo-se as restrições de circulação das 20h às 5h e veto a cerimônias religiosas coletivas.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + 10 =