Neste ano, o comércio registrou queda nas demissões em relação a fevereiro de 2018 (Foto: Claudinho Coradini/JP)
Neste ano, o comércio registrou queda nas demissões em relação a fevereiro de 2018 (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O mês de fevereiro em Piracicaba teve saldo de emprego três vezes maior que o registrado no mesmo período do ano passado. De acordo com os números fornecidos pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia e do Trabalho, a evolução por setor de atividade econômica na cidade, no segundo mês do ano, foi de 421 vagas, enquanto que em fevereiro de 2018 o resultado ficou em 110 postos de trabalho.

O saldo é a diferença das admissões menos os desligamentos, que em 2018 foram de 3.392 e 3.382, respectivamente. Já neste ano, as 421 vagas resultaram das 4.138 contratações menos as 3.717 demissões. No segundo mês de 2019 o setor que mais gerou emprego foi o de serviços, com 194 postos, seguido da indústria de transformação, com 163.

Já no mesmo período do ano passado, a área de serviços também teve bom desempenho, com 201 vagas, porém, o saldo negativo das 197 demissões do comércio reduziu o resultado final. Neste ano, o cenário foi melhor, com as 194 vagas no setor de serviços e apenas 26 demissões registradas no comércio.

INDÚSTRIA

O balanço divulgado pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) em Piracicaba, também apontou um saldo positivo para o setor em fevereiro. De acordo com a diretoria regional composta por oito cidades, a variação do nível de emprego ficou em 0,38%, o equivalente a cerca de 200 postos de trabalho.

No acumulado – janeiro e fevereiro – o Ciesp Piracicaba apresentou 0,60% de variação, com aproximadamente 300 postos de trabalho. “A variação de fevereiro de 2017 foi de 0,07%. Esse é o melhor fevereiro desde 2014, que teve variação de -2,13”, avaliou Homero Scarso, gerente regional do Ciesp Piracicaba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 + 6 =