Piracicaba fecha julho com saldo positivo de 864 vagas

Foto: Alessandro Maschio/JP

Indústria e comércio foram os que mais contrataram

O saldo do emprego com carteira assinada em julho de 2021 ficou positivo com a criação de 864 postos de trabalho em Piracicaba. A informação foi pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). O destaque na geração de vagas foi o setor da indústria, com o saldo positivo de 384 postos de trabalho (número calculado entre admissões e demissões no período). No acumulado dos sete primeiros meses de 2021, os dados do Caged apontam o saldo positivo em 4.960 vagas com carteira assinada em Piracicaba.

Além da indústria, que criou 384 postos de trabalho com carteira assinada, os setores que mais contrataram em julho foram o comércio, com 228 vagas, e serviços, com 111 vagas. A faixa etária mais beneficiada com a criação de empregos foi a com idade entre 18 e 24 anos, com 404 vagas, seguida dos que possuem idade entre 30 e 39 anos, com 195 vagas, e dos que possuem entre 25 e 29 anos, com 160 contratações.

Quanto ao nível de escolaridade, os trabalhadores com ensino médio completo representam a maioria no período, aparecendo em 1º lugar, conquistando 719 novas vagas, seguidos dos que possuem ensino fundamental incompleto, com 96 vagas, e dos que possuem ensino médio incompleto, com 27 vagas.

SÃO PAULO
A Região Sudeste do Brasil foi a que gerou mais postos de trabalho em julho. O saldo positivo ficou em 161.951 vagas, o que corresponde a um aumento de 0,77% ante a junho.

No Nordeste foram criados 54.456 postos (+0,83%); na Região Sul o saldo também ficou positivo (42.639 postos, +0,55%), a exemplo do Centro-Oeste (+35.216 postos, +1,01%) e do Norte (+22.417 postos, +1,18%).

São Paulo foi o Estado que registrou o maior saldo positivo de vagas no mês, com 104.899 novos postos de trabalho (+0,82%, na comparação com junho), seguido de Minas Gerais (+34.333 postos; +0,79%); e Rio de Janeiro: (+18.773 postos; +0,58%). Já as unidades federativas com o menor saldo foram o Acre (806 novos postos; crescimento de 0,90% ante ao mês anterior); Amapá (saldo de 794 postos; +1,17%); e Roraima:(saldo de 332 postos; crescimento de 0,55%).

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 − 1 =