Piracicaba registra 5 mortes e mais 226 infectados

Foto: Claudinho Coradini/JP

A Secretaria da Saúde registrou ontem (02) cinco mortes por covid-19, sendo três homens de 47, 51 e 73 e duas mulheres de 57 e 73 anos. A pasta registrou também mais 226 novos casos da doença. Com os números desta sexta-feira, Piracicaba conta agora com 59.671 casos confirmados e 1.177 mortes pela doença. A cidade tem ainda 1.549 casos suspeitos e 93.790 descartados, 56.042 pacientes recuperados e outros 2.452 em tratamento contra a covid-19.

Ontem a taxa de ocupação de UTI – SUS (Unidade de Terapia Intensiva do Sistema Únicio de Saúde) chegou a 75%, enquanto o setor privado atingiu 78% de ocupação. As enfermarias trabalharam nesta sexta-feira com 58% de ocupação na rede pública e 53% na rede particular.

Durante live em uma rede social, o prefeito Luciano de Almeida (DEM) demonstrou otimismo com a queda no percentual de ocupação das unidades intensivas.

Segundo o democrata, a partir do dia 2 de junho, o percentual de ocupação dos leitos de UTI-SUS permaneceram acima dos 90%, o que passou a ser considerado preocupante e perigoso, segundo Luciano. “Com as precauções que estamos tomando, inclusive com as restrições maiores que as do Estado, desde terça-feira a taxa começou a cair e hoje (ontem) registramos 75% de ocupação”, afirmou.

O prefeito disse que ainda não está confirmado se essa queda é uma tendência e que só os próximos dias poderão atestar.

Ontem, segundo dados da Secretaria de Saúde, 60 pessoas estavam internadas na UTI–SUS e 62 nas unidades da rede privada.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

9 + nove =