Piracicaba registra nove óbitos por covid-19 nesta quarta (07)

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde registrou nove óbitos, sendo quatro homens de 49, 57, 66 e 90 anos e cinco mulheres de 19, 48, 51, 58 e 75 anos. A cidade registra ainda 60.721 casos confirmados, 1.475 casos suspeitos, 94.785 casos descartados, 57.297 casos recuperados e 2.220 pessoas em tratamento. Com as mortes de hoje, Piracicaba atinge 1.204 óbitos pela doença.

Em 24 horas também outras 213 pessoas receberam o diagnóstico positivo para a doença. Nesta quarta a taxa de ocupação de leitos UTI-SUS está em 83% e a do setor privado em 60%. Já as enfermarias-SUS estão com ocupação de 43% e as do setor privado em 60%.

Piracicaba tem queda no número de casos positivos

Piracicaba tem apresentado queda no número de casos confirmados de covid-19 e na taxa de ocupação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes em tratamento da doença. Nesta terça-feira, a Secretaria da Saúde registrou 209 infectados e cinco óbitos, sendo um homem de 74 anos e quatro mulheres: uma de 45, duas de 63 e uma de 82 anos. Entre os casos confirmados ontem estão 104 homens com idades entre dois e 96 anos e 105 mulheres de doía a 98 anos de idade.

A taxa de ocupação de UTI-SUS (Sistema Único de Saúde) ficou em 82% e da enfermaria em 48%. No setor privado, 58% dos leitos de UTI ficaram ocupados e da enfermaria 70%.Piracicaba soma 60.508 casos confirmados e 1.195 mortes por covid-19. A cidade conta ainda com 1.477 casos suspeitos, 94.626 diagnósticos descartados para covid-19, 57.058 pacientes recuperados e outros 2.255 em tratamento contra a doença.

NO ESTADO

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira 3.809 milhões de casos de covid-19 durante toda a pandemia e 130.389 óbitos. Entre o total de casos, 3.422 milhões tiveram a doença e já estão recuperados, sendo que 401.660 foram internados e receberam alta hospitalar. Ontem havia 17.699 pacientes internados em todo o território de São Paulo, sendo 8.935 em unidades de Terapia Intensiva e 8.764 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 70,9% e na Grande São Paulo é de 65,3%.

DR. PEDRO ARNO

O médico Pedro Arno Coelho Barbosa, 74 anos, morreu ontem em Piracicaba vítima de covid-19. A filha dele, Karime Coelho Barbosa Dessi, 45 anos, morreu anteontem horas antes do pai, também vitima de covid-19. Pai e filha estavam internados na Santa Casa de Piracicaba há duas semanas lutando contra a doença. O corpo de Arno foi cremado às 13h e o sepultamento de Karime, ocorreu às 17h no Cemitério da Saudade. A morte do ginecologista e obstetra comoveu a comunidade médica de Piracicaba e região. Em sua homenagem, funcionários da Santa Casa soltaram balões brancos na tarde de ontem.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × 4 =