Piracicaba registra oito óbitos por covid-19 nesta segunda (28)

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde registrou oito óbitos, sendo cinco homens, de 35, 45, 50, 58 e 74 anos e três mulheres de 39, 65 e 94 anos. A cidade registra ainda 58.732 casos confirmados, 1.532 casos suspeitos, 93.126 casos descartados, 55.047 casos recuperados e 2.538 pessoas em tratamento. Com as mortes de hoje, Piracicaba atinge 1147 óbitos pela doença.

Em 24 horas também outras 259 pessoas receberam o diagnóstico positivo para a doença. Nesta segunda a taxa de ocupação de leitos UTI-SUS está em 95% e a do setor privado em 84%. Já as enfermarias-SUS estão com ocupação de 64% e as do setor privado em 59%.

Prefeitura aplica mais de 14 mil doses da vacina contra Covid-19 no sábado, (26), dia de ‘vacinaço’

Mais de 14 mil doses da vacina contra Covid-19 foram aplicadas no “vacinaço”, promovido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no último sábado, (26). O objetivo foi intensificar a vacinação no município, para acelerar a imunização dos piracicabanos. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, foram aplicadas 13.813 primeiras doses e 219 segundas doses.

Com essa ação, Piracicaba chegou à marca de 203.922 doses da vacina contra Covid-19 aplicadas, sendo 150.195 primeiras doses e 53.727 segundas doses, de acordo com o Vacinômetro do Estado de São Paulo.

O prefeito Luciano Almeida lembra que as vacinas no “vacinaço” foram aplicadas por 46 equipes em 34 unidades de saúde do município, além do Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas, e evidenciou a atuação dos profissionais da saúde na ação, que vacinou pessoas com 43 anos ou mais, grávidas e puérperas com 18 anos ou mais e pessoas com deficiência permanente com 18 anos ou mais, por meio de agendamento.

“Nossos profissionais de saúde estão trabalhando com afinco diariamente para levar a vacina contra Covid-19 a toda a população. E nesse sábado, no nosso ‘vacinaço’, não foi diferente. Das 8h às 16h, foram aplicadas 14.032 doses de esperança para a população, por 46 equipes. Registro aqui nosso muito obrigado”, afirma. “O objetivo é acelerar a vacinação em Piracicaba para garantir o controle da pandemia”, complementa.

Desta forma, conforme recorda o secretário de Saúde, Filemon Silvano, a Pasta trabalha para aplicar a maior quantidade possível de doses da vacina contra Covid-19 por dia, administrando a agenda por meio do site VacinaPira e fazendo parcerias, como a que a secretaria reafirmou na última semana com a Rede Drogal. “Só conseguiremos diminuir os casos com mais piracicabanos sendo vacinados no menor espaço de tempo possível e é para isso que trabalhamos diariamente”, enfatiza o secretário.

ATRASADAS – Pelo quarto sábado consecutivo, no dia 26 de junho, o CRAB Vila Rezende fez plantão para aplicar a 2ª dose da vacina contra Covid-19 nas pessoas que já passaram do prazo para recebê-la, sem agendamento. De acordo com a VE, 25 pessoas participaram desta ação no último sábado.

O atraso para receber a 2ª dose significa a pessoa ter tomado há mais de 28 dias a 1ª dose da vacina CoronaVac/Butantan e há mais de 12 semanas a 1ª dose da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz.

Tanto quem está em atraso quanto quem está no período para receber a 2ª dose pode agendá-la pelo site VacinaPira. O prazo adequado para receber a 2ª dose da CoronaVac/Butantan é de 21 a 28 dias após a 1ª dose; quanto à AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, 12 semanas após a 1ª dose.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 + 11 =