Piracicaba registra um óbito por covid-19 nesta terça (13)

A Secretaria da Saúde registrou um óbito, uma mulher de 73 anos. A cidade registra ainda 61.715 casos confirmados, 1.505 casos suspeitos, 95.497 casos descartados, 58.662 casos recuperados e 1.829 pessoas em tratamento. Com as mortes de hoje, Piracicaba atinge 1.224 óbitos pela doença.

Em 24 horas também outras 168 pessoas receberam o diagnóstico positivo para a doença. Nesta terça a taxa de ocupação de leitos UTI-SUS está em 81% e a do setor privado em 63%. Já as enfermarias-SUS estão com ocupação de 42% e as do setor privado em 47%.

Piracicaba registra queda nas mortes e nos casos positivos

Os números referentes a novos casos positivos e a mortes por covid-19 apresentaram queda no comparativo das duas últimas semanas. De acordo com os dados fornecidos pela Secretaria de Saúde a redução é de menos 16 óbitos e 584 diagnósticos positivos nos períodos de 27 de junho a 3 de julho e de 4 a 11 de julho. Na primeira semana, 50 pessoas morreram por complicações da doença, enquanto a cidade aumentou em 1.869 casos. Já na última semana, foram 34 mortes e 1.285 infectados pelo coronavírus, o que representa uma queda de 32% nos dois casos.

A Secretaria de Saúde confirmou ontem que registrou queda nos óbitos e novos casos de covid-19 na cidade nas últimas semanas e atribui o fato à aceleração na aplicação da vacina. Segundo a pasta, prova disso é a aplicação de mais de 89,5 mil doses do imunizante nos últimos 30 dias, saltando de 159.068 doses aplicadas em 10 de junho para 248.574 em 12 de julho. A Saúde reforçou que, se a vacinação mantiver o ritmo esperado de crescimento, a tendência é que os números de novos casos e óbitos caiam ainda mais. “No entanto, para que isso aconteça, precisamos e contamos com os esforços do governos Estadual e Federal para o envio das doses dos imunizantes regularmente ao nosso município”, informou em nota.

NO ESTADO

Tendência de queda também no restante do Estado de São Paulo, que registrou nesta segunda-feira menos de oito mil pacientes internados em UTI pela covid-19: são 7.974 pessoas assistidas em leitos desse tipo.

O número reforça a tendência de queda, visto que há apenas uma semana já havia baixado da marca de nove mil internados em terapia intensiva. A redução também é verificada na demanda por leitos clínicos. Atualmente, há também 7.686 pacientes em enfermaria, número que baixou quase 800 internações desde a última sexta-feira (9). Em Piracicaba, a taxa de ocupação da UTI tem se mantido abaixo dos 90%.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × quatro =