Piracicaba registrou aumento de 10% no volume de exportações e importações

Já as importações no primeiro bimestre de 2021 somaram US$ 258,6 milhões, o que significa um crescimento de 0,5% frente ao mesmo período do ano passado. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O saldo da Balança Comercial da Região de Piracicaba ficou positivo em U$ 54,7 milhões nos dois primeiros meses deste ano. Este valor é resultado dos valores exportados e importados. As exportações da regional do Ciesp (Centro das indústrias do Estado de São Paulo) registraram US$ 313,3 milhões no período, um aumento de 10,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já as importações no primeiro bimestre de 2021 somaram US$ 258,6 milhões, o que significa um crescimento de 0,5% frente ao mesmo período do ano passado.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela diretoria regional do Ciesp, que reúne os dados de oito cidades da Região.

Os principais produtos exportados foram máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (65,9%), açúcares e produtos de confeitaria (7,1%) e produtos químicos orgânicos (6%).

Por outro lado, as importações da regional se concentraram em máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (26,1%), veículos automóveis, tratores (25%) e máquinas, aparelhos e materiais elétricos (16,6%

PARCEIROS

No período analisado, segundo a regional do Ciesp, os principais destinos das exportações de Piracicaba foram os Estados Unidos (30,9%), Austrália (7%) e Canadá (6,3%). Por sua vez, as compras da regional tiveram como principais origens Coreia do Sul (43,9%), Estados Unidos (16,1%) e China (11%)

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 + dezoito =