Piracicaba tem redução recorde de vítimas fatais em acidentes

Foto: Alessandro Maschio/JP

Semuttran reforçou sinalização horizontal e vertical

As vias municipais de Piracicaba apresentaram uma redução histórica de acidentes com mortes no acumulado de janeiro a novembro de 2021. De acordo com o sistema Infosiga, de janeiro a novembro do ano passado foram registrados 14 óbitos decorrentes de acidentes em vias municipais, menor índice da série histórica no comparativo do mesmo período desde 2015.

O Infosiga, sistema que reúne informações de acidentes e mortes no trânsito, é gerido pelo programa Respeito à Vida, do Estado de São Paulo. De acordo com dados, de janeiro a novembro de 2015 foram registrados 42 mortes nas vias municipais de Piracicaba. Analisando o mesmo período, em 2016 foram registrados 18 óbitos, em 2017, foram 27, em 2018, 17 mortes, em 2019, foram 21, em 2020, 20 óbitos e em 2021, o menor índice 14 vítimas fatais.

“Os dados referentes ao acumulado de janeiro a dezembro de 2021 devem ser divulgados pelo Infosiga em 20/01. Mas já podemos ter um panorama que, com certeza, nossas vias foram mais seguras no ano passado. Isso como resultado do trabalho diário da Semuttran (Secretaria de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transporte), com ações de engenharia e educação no trânsito, além de melhorias que implantamos”, destacou a titular da pasta, Jane Franco.

Como aliado para acompanhar o fluxo do trânsito no município e realizar ações de melhoria visando a segurança, a Semuttran conta com a CIMM (Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade), que opera com 35 câmeras de monitoramento, móveis e fixas.

De acordo com a Semuttran, a central permite que os agentes de trânsito monitorem o trânsito das principais vias do município e detectem, rapidamente, qualquer intercorrência, acionando então os órgãos responsáveis para rápida solução dos problemas
encontrados.

Além das ações pontuais em locais estratégicos de grande fluxo de veículos, visando a redução de acidentes, como o reforço de sinalização horizontal e vertical, em 2021 a Semuttran iniciou o projeto-piloto de implantação de LRV’s (Linhas de Redução de Velocidade) em seis pontos da cidade.

“Outro ponto importante é que a frota de veículos de Piracicaba cresceu em torno de 3% ao ano, desde 2015. Hoje temos cerca de 330 mil veículos registrados e nossas atividades em conjunto da engenharia, educação e fiscalização de trânsito mostram
resultado positivo”, analisou a secretária.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito − dezesseis =