Piracicaba vacinou metade da população acima dos 18 anos

Para estar imunizado é necessário tomar as duas doses

De acordo com Vacinômetro do Governo de SP, Piracicaba aplicou até ontem, 167.018 primeiras doses

Com mais de 165 mil primeiras doses da vacina contra covid-19 aplicadas, mais da metade da população de Piracicaba com 18 anos ou mais já começou o processo de imunização contra a doença. De acordo com o Vacinômetro do Governo do Estado de São Paulo, a Secretaria de Saúde de Piracicaba aplicou até ontem, 167.018 primeiras doses, o que representa mais da metade das pessoas com 18 anos ou mais. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Piracicaba tem 290.605 pessoas acima dessa faixa etária.

Ao todo, o município já aplicou até hoje 224.533 doses da vacina contra covid-19, entre primeiras e segundas doses e dose única. Foram 167.018 primeiras doses, 55.117 segundas doses e 2.398 doses únicas.

No município vêm sendo vacinadas pessoas acima dos 40 anos; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; gestantes e puérperas; profissionais da educação; profissionais do transporte coletivo (motoristas); entre outros grupos. “Sabemos que ainda temosum árduo caminho pela frente. Mas, a cada nova vacina aplicada, renasce a esperança por dias melhores.

Com a ampliação da vacinação, o número de internações nas UTIs e enfermarias vai diminuir, assim como o número de óbitos que atingiram centenas de famílias na cidade. Falta pouco para nossa cidade voltar a sorrir, isso graças à vacinação”, afirmou o prefeito Luciano Almeida (DEM).

2ª DOSE EM ATRASO

No último sábado, 38 pessoas que estavam em atraso com a segunda dose da vacina contra covid-19 compareceram no Crab (Centro de Referência à Atenção Básica) da Vila Rezende, onde foram disponibilizou a segunda dose, sem agendamento, para todos que estavam em atraso, pelo quinto sábado consecutivo. A ação, que tem por objetivo incentivar a todos a tomar a segunda dose e completar o calendário vacinal, começou em 5 de junho, quando 42 pessoas que estavam em atraso tomaram a vacina. No dia 12, 30 pessoas compareceram. Em 19 de junho, 33 pessoas e em 26, outras 25. A Vigilância Epidemiológica informou que até ontem, 1.850 pessoas ainda estão em atraso para receber a segunda dose no município, sendo 388 da vacina AstraZeneca/Oxford/ Fiocruz e 1.462 Corona- Vac/Butantan. O atraso para receber a 2ª dose da vacina significa ter tomado a 1ª dose da CoronaVac/ Butantan há mais de 28 dias e a 1ª dose da AstraZeneca/Oxford/ Fiocruz há mais de 12 semanas.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

17 − dois =