Piracicabana vai para final do concurso Miss Regional 2021

Foto: Reprodução/Instagram

Camila de 6 anos, passou por várias etapas da categoria mirim e aguarda a grande final neste fim de semana

Todos os dias, diversas meninas têm o sonho de poder desfilar em passarelas, participar de shows e vestir belas roupas. É assim que a moda tem que ser. Faz com que você se sinta bem, se divirta usando aquilo que gosta e recebendo uma resposta positiva do público. É deste modo que Camila Contieri, de quase seis anos, se sente quando faz suas atividades diárias e participa do concurso Miss Regional 2021. Representando a cidade de Piracicaba a modelo mirim vem participando de diversas etapas da competição e está aguardando da grande final neste final de semana.

“Tudo começou com uma brincadeira. Era início da pandemia e todos nós estávamos em casa. Para passar o tempo brincávamos de modelo: ela se divertia fazendo poses e eu tirava as fotos e publicava sem nenhuma pretensão de que isso poderia ser algo além de um momento bom entre nós”, comentou Paula Contieri, mãe de Camila.

O que as duas não esperavam é como foi positiva a recepção das fotos na internet e diversos amigos comentaram como a espontaneidade da criança poderia ser encaminhada para algo mais profissional. Assim foi feito, Paula entrou em contato com uma agência de modelos, conversaram com uma amiga que já possui experiência no ramo da moda e dos desfiles para entender melhor o poderia vir no futuro e as atividades não param mais.

Apesar da idade tão tenra, Camila mostra estar se divertido com o trabalho. Além de posar para as fotos, ela participa de atividades físicas diárias. “Ela tem bastante energia, desde os dois gosta de dança, participa do balé, hip hop e atividades circenses”, comentou a mãe que ainda ressaltou que foi por esse motivo que a filha chegou tão longe na competição. “A competição comentou que, hoje em dia, não procura competidoras com padrão engessado. Para ser franca, eles procuram crianças que tenham personalidade e que mostrem esforço no que fazem. Calhou que as atividades que Camila já faziam ajudou a destacá-la na competição, além de desejar estar ali”.

Mas nem tudo é fácil no mundo dos concursos de Miss e Mister. De acordo com a equipe do concurso, mais de 15 mil garotas de todo o país tentara participar e foram rejeitadas, pois algumas provas são complicadas e, se não tiver certas condições, isso pode ser um obstáculo.

Normalmente os participantes tem que viajar para o local do concurso e as vezes passar dias por lá o que acarreta um custo, além exigirem trajes específicos em algumas etapas. Por conta da pandemia os concursos estão sendo feitos de forma remota com vídeos e ligações online, contudo ainda é necessário mandar fotos com certo nível de profissionalismo e os trajes continuam sendo exigidos. Foi com ajuda de alguns estabelecimentos locais que Camila pode participar de provas que exigiam certas roupas, além de todo o apoio familiar da mãe e irmã que tornam toda a tensão de uma competição brincadeira para as meninas.

Caso Camila vença o concurso, muitas portas do mundo da moda podem se abrir para ela e todas as garotas e mulheres de categoria de idades diferentes, pois entraram em contado com grandes agencias, e contatos fazem a diferença quando se trata de moda e show business.

Paula ainda diz que nunca forçou as filhas a participarem de nada que não quisessem, apenas incentiva as duas praticarem atividades fora do celular e diz que quando elas se cansarem podem parar. “Enquanto quiser podemos tentar”, finaliza.

Larissa Anunciato
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito + quinze =