Pisos que preservam o ecossistema

O plástico foi uma invenção revolucionária da espécie humana, porém o seu descarte incorreto é um dos fatores responsáveis pelo alto nível da poluição nos mares e da morte fauna marinha. Estudo feito pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês), constatou que mais de 104 milhões de toneladas de plástico vão poluir os ecossistemas até 2030. Para contribuir com a mudança e a diminuição dos impactos ambientais empresas como EcoClick e a Santa Luzia, que atuam no ramo da construção criaram revestimentos maravilhosos, feitos com resíduos de plástico.

Neste ano, por exemplo, a Santa Luzia recebeu prêmio internacional If Design Sign Award por sua coleção de revestimentos sustentáveis. A empresa brasileira concorreu com 7.298 projetos de 56 países. A cerimônia de premiação será em maio, na Alemanha.




A premiada coleção SIX reúne revestimentos hexagonais de 13×15 cm em seis opções de cores: branco, preto, ouro, ouro rosé, cinza glacial, cinza elefante, grafite e rupestre. As peças são fabricadas a partir do reaproveitamento de resíduos plásticos de poliuretano (PU).


Ambientes da Mostra + sustentavel 2018

O PU é muito utilizado na indústria de refrigeradores e de automóveis como isolante térmico, mas sua reciclagem encontra os mesmos desafios de plásticos similares como o poliestireno expandido (EPS), popularmente conhecido pela marca Isopor®.

Desde que dispensou o uso da madeira como principal matéria-prima no início dos anos 2000, a Santa Luzia já transformou quase 50 milhões de kg de resíduos plásticos em materiais de construção sustentáveis de alto desempenho e durabilidade.

Já a EcoClick da Piso usa o PVC como matéria-prima para a produção de seus revestimentos. A indústria de reciclagem do PVC no Brasil tem um nível operacional de 75%, ou seja, ela é 25% ociosa. Apenas entre 100 e 150 cidades brasileiras têm algum sistema de coleta seletiva. Por ter longa vida útil e ainda demorar mais de 50 anos para se decompor, o material confere características como durabilidade, impermeabilidade, conforto térmico e acústico e facilidade de manutenção, o que o torna hoje uma das melhores escolhas para os projetos de interiores.


Suíte do casal (Santa Luzia)

Por serem compostas com material 100% reciclável e ecológico, as réguas do EcoClick são resistente às manchas, produtos químicos, água e ao fogo. Os padrões amadeirados proporcionam um resultado natural e a sensação de aconchego, deixando o ambiente ainda mais agradável e sofisticado.

Além disso, a linha EcoClick possui sistema de encaixe macho/fêmea, que facilita a instalação e dispensa o uso de colas, adesivos e massas. Sua praticidade permite que o ambiente seja renovado sem sujeira ou complicação e, se houver necessidade de mudança do imóvel, é possível retirar as réguas e instalá-las novamente em outro local nivelado, limpo, seco e liso.

Linha City traz beleza, conforto e resistência (ePiso)

Fernanda Moraes