Pit Stop Solidário para doação de ração será dia 12 de setembro

. Com iniciativa da protetora e vereadora Alessandra Bellucci, a ação conta com o apoio do delegado e deputado estadual Bruno Lima (PSL)

A nova edição do Pit Stop solidário já tem nova data. Será no domingo, 12 de setembro, das 8h às 13h, no Aeroporto Municipal de Piracicaba. Além da doação de rações para cães e gatos, o evento também terá entretenimento para as famílias, com feira de adoção, food trucks e apresentação de cães policiais e adestrados. Com iniciativa da protetora e vereadora Alessandra Bellucci, a ação conta com o apoio do delegado e deputado estadual Bruno Lima (PSL), que atua na causa animal.

Quem preferir apenas entregar a ração, a organização preparou o sistema de drive thru. Haverá ainda a distribuição de brindes para cães e gatos. Todas as pessoas que doaram participarão do sorteio de um salto de paraquedas. Para aqueles que quiserem acompanhar o evento, o estacionamento será na rua Horácio Cerioni.

Evento terá a apresentação de cães policiais (Maycon Barbon)

“Não será apenas um pit stop, mas uma reunião com as pessoas do bem. Foi necessário fazer mais uma edição, porque diante desse cenário de pandemia, a situação também está crítica para os animais que não têm o que comer”, relatou Alessandra.

Na edição do pit stop que ocorreu no bolsão da Rua do Porto foi arrecadado arrecadou três toneladas de ração para cães e gatos, a Agropecuária do Mane colaborou com uma tonelada. Várias pessoas trouxeram sua doação de casa e outras compraram diretamente no local do evento.

Iniciativa visa a chegar a mais pessoas (Maycon Barbon)

“A necessidade de se montar um novo evento foi vista em cada saco de ração que doamos para as pessoas que realmente necessitavam e a gente viu que essa ajuda precisa ir mais longe e para a mais pessoas. Esses três mil quilos de ração que conseguimos nos fez pensar em quanto a sociedade precisa se mobilizar para ajudar as pessoas carentes nesse momento. A gente chegava em locais com um saco de ração e era recebida com lágrimas. Isso nos fez dar mais forças e coragem de montar um novo evento. Além de contribuir para aquele animal pudesse ter seu potinho cheio. Acredito que essa emoção de ajudar dos animais se alimentando e os tutores aliviados de poder vê-los comendo”, relatou a parlamentar. Alessandra disse ainda que apesar da quantidade de ração que receberam, não foi suficiente para atender todas as pessoas que procuravam por ajuda.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 + dezesseis =