PM de 34 anos é a primeira vítima fatal da covid-19 do CPI-9

Policial deixou três filhos | Reprodução

O soldado da Polícia Militar Leandro José da Silva, 34, foi a primeira vítima fatal da covid-19 entre o efetivo do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior). Ele morreu nesta quinta-feira (23/07), em decorrência de complicações por causa da doença. Soldado Leandro, como era conhecido na corporação, estava internado desde junho no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Campinas, que foi adaptado exclusivamente para atendimento de pacientes com o novo coronavírus.

O policial trabalhava na 2ª Companhia, do 48º BPM/I (Batalhão da Polícia Militar do Interior) de Sumaré, que faz parte do CPI-9, que está sediado em Piracicaba. Ele ingressou na corporação em 27 de maio de 2014, serviu exclusivamente no 48º, onde atuou nos diversos tipos de policiamento, entre eles Radio Patrulha e atualmente atuava na cidade de Sumaré.

Leandro deixou esposa e três filhos. Ele residia em Hortolândia e foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Parque, na mesma cidade. Por conta da pandemia, os colegas da instituição prestaram homenagens, por meio das redes sociais. Nas redes sociais do 48º, a corporação postou o brasão da PM de luto.

O comandante do CPI-9, coronel Willians de Cerqueira Leite Martins lamentou a morte do policial. ” Foi o primeiro óbito em nosso CPI que abrange 52 cidades. A perda está sendo muito sentida e nos esforçamos para manter os serviços da PM mesmo diante dos riscos. Adotamos e recomendamos a adoção das medidas de prevenção e sanitárias e como todos aguardamos a evolução dos tratamentos disponíveis”, disse o coronel.

Cristiani Azanha ([email protected])

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × um =