PM descobre tribunal do PCC, prende 5 integrantes e liberta vítima amarrada

Policiais da Força Tática fizeram a abordagem (Alessandro Maschio/JP)

Policiais militares da Força Tática impediram um tribunal do crime que era realizado na tarde desta segunda-feira (17) por integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção que age dentro e fora dos presídios. O “julgamento” seria realizado em um imóvel entre o Jardim Gilda e o Bosques do Lenheiro. Cinco integrantes da facção foram presos com armas e drogas. Uma vítima que era mantida amarrada e sob cativeiro foi libertada pelos policiais. A ocorrência será apurada pelos policiais civis da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

Os presos responderão por várias acusações, entre elas, a tentativa de homicídio. O homem que foi libertado tem vários antecedentes criminais. Até às 18h47, o caso ainda estava sendo registrado, sem previsão de término.

Vítima era mantida amarrada em imóvel, na divisa do Jardim Gilda com o Bosques do Lenheiro (Alessandro Maschio/JP)

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dez − 5 =