PM localiza ave silvestre e comerciante xinga os policiais

Caso foi registrado no plantão policial (Claudinho Coradini/JP)

Um comerciante de 43 anos xingou os policiais e se recusou a ser abordado durante o patrulhamento de rotina, realizado pela Polícia Militar, no Pompeia, na noite de quarta-feira (28). O homem correu para interior de seu mercado, mas foi alcançado. No interior do estabelecimento, os PMs encontraram uma ave silvestre “coleirinha” que estava sem anilha e em gaiola em mau estado de higiene. O caso foi registrado como resistência, desobediência e crime ambiental e será apurado posteriormente pela Polícia Civil.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais passavam na rua Nelson Furlan, em uma região conhecida como ponto de venda de drogas, quando teriam localizado um grupo de pessoas que estavam próximos à um mercado e correu após perceber a aproximação dos policiais.

O comerciante, que estaria em frente ao estabelecimento, disse aos policiais que eles não tinham autorização de estarem naquele local e resistiu a abordagem. Os PMs perguntaram sobre o alvará de funcionamento, mas ele teria se recusado a entregá-lo. Em seguida, os policiais elaboraram um Raio (Relatório de Averiguação de Incidente Administrativo) que será encaminhado à Prefeitura.

Durante a abordagem, os policiais também teriam localizado a ave, no interior da gaiola. O comerciante disse que era de seu filho de 17 anos. O pássaro ficou sob a responsabilidade do acusado e as providências administrativas sobre o caso serão feitas pela Polícia Ambiental. O caso foi registrado no Plantão Policial e será apurado pelos policiais civis do 6º Distrito Policial.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco + sete =