Cidadão pode votar até às 17h | Foto: Claudinho Coradini/JP

A pandemia da covid-19 forçou mudanças nas eleições municipais de 2020 deste domingo (15). Além de postergar um mês a realização do primeiro turno, de outubro para novembro, trouxe ineditismos múltiplos, como o horário prioritário e estendido para idosos (7h às 10h) nas sessões eleitorais, medidas de segurança sanitária para controlar um eventual surto da doença e, também para diminuir o número de pessoas que circulam nos locais de votação, o processo de justificativa será apenas online, pelo aplicativo E-Título, desenvolvido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) especialmente para este pleito atípico.

Piracicaba, entre nomes conhecidos e muitos desconhecidos na política local, tem 11 candidatos que disputam a principal cadeira da Prefeitura do Município, além de mais de 550 pleiteantes a vereador. São 23 vagas no Legislativo da cidade.

Para tanto, o Cartório Eleitoral de Piracicaba montou uma ampla estrutura logística, com apoio de outros órgãos públicos, para atender as 290.998 pessoas registradas para votar em três zonas eleitorais.

Em 2020, serão 137 locais de votação e 872 urnas eletrônicas, divididas em todas as regiões do município (perímetro urbano e zona rural). Neste ano, haverá 89 menos equipamentos para registro dos votos e redução no número de voluntários (presidentes de seções e mesários), por conta das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), Piracicaba terá 306 mesários a menos. Foram convocadas 3.828 pessoas ante 4.134 chamadas para trabalharem em 2018.

Leia Mais

Será um pleito com uma hora a mais, comparado aos anteriores. Começa uma hora mais cedo e, como reforça o Cartório Eleitoral, as três primeiras horas (7h às 10h) são preferenciais às pessoas com mais de 60 anos. Público em geral é das 10h às 17h.

Para votar é preciso levar o título de eleitor, um documento de identificação com foto e o recomendado é levar a própria caneta para assinar o caderno de votação. O mesário, inclusive, não poderá pegar em seus documentos – mostre a ele.

Além disso, é obrigatório o uso de máscaras, distanciamento de ao menos um metro do outro cidadão. Como informa o TSE, caso queira ao comprovante de votação, solicite ao mesário.

E-título

A justificativa nestas eleições àqueles fora da cidade do voto será exclusivamente pela internet, pelo aplicativo E-Título – pode ser baixado gratuitamente nas lojas de app do Google e Apple. Quem não votar terá de justificar dentro de 60 dias pelo Sistema Justifica do TSE. Outra opção é pessoalmente, quando os cartórios eleitorais reabrir, mas ainda não há previsão de retorno presencial.

Tira-Dúvidas

O TSE disponibiliza o “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”, um chatbot – assistente virtual – criado em parceria com o aplicativo de mensagens para facilitar o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as Eleições Municipais de 2020. Para conversar com o assistente virtual, adicione o telefone +55 61 9637-1078 à sua lista de contatos, ou por meio do link wa.me/556196371078.

Erick Tedesco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − 13 =