Polícia Ambiental apreende 15 aves silvestres em Piracicaba

Um criador foi multado em R$ 7,5 mil por manter 15 aves silvestres (sem autorização do órgão  ambiental competente) em cativeiro, em sua casa, no bairro Garça, nesta quinta-feira (22). A Polícia Militar Ambiental providenciou a soltura das aves em área de mata, por se apresentarem em estado bravio e não apresentarem ferimentos.

De acordo com a polícia, várias denúncias apontavam sobre as aves silvestres que eram mantidas em gaiolas, dentro de uma residência. Os PMs estiveram no endereço informado, onde localizaram aves mantidas em cativeiro irregularmente, (sem anilha ou atestado de origem). Sete delas eram da espécie coleirinhos”, outro canário da terra verdadeiro, cinco trinca ferros verdadeiros e dois Pimentão.

Aves eram mantidas em gaiolas (Divulgação/Polícia Ambiental)

As aves estavam dispostas em gaiolas com água e comida a disposição, abrigadas das intempéries e sem sinais de maus-tratos. Foi elaborado em desfavor do criador o respectivo auto de infração ambiental, com sanção de multa simples valorado em R$ 7,5 mil. O criador foi orientado quanto ao procedimento de bloqueio do seu cadastro junto ao Sispass (Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros) e também responderá por crime ambiental.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 × 1 =