Polícia Ambiental localiza aves em cativeiro na lista de extinção em Ártemis

Trinta e duas aves da fauna nativa foram localizados em uma propriedade em Ártemis, ontem. Entre as espécies estavam três pixoxós (Sporophila frontalis), que constante na lista de ameaçada em extinção, enfatizou a Polícia Militar Ambiental. O responsável pelos pássaros foi multado em R$ 29,5 mil.

Os policiais, que têm mantido, o atendimento de demandas referentes à fiscalização ambiental, constatou que as aves eram mantidas em cativeiro. Foram cinco Coleirinho (Sporophila caerulescens), quatro trinca-ferro (Saltator similis), três bigodinhos (Sporophila lineola), sete canários da terra (Sicalis flaveola), quatro curiós (Oryzoborus angolensis), um pássaro preto (Gnorimopsar chopi), três azulão (Cyanocompsa brissonii), dois Pintassilgos (Carduelis carduelis).

A Polícia Ambiental ressaltou ainda que além da multa, o responsável também responderá por crime ambiental. Os PMs constataram que as aves ainda apresentarem sinais de estado bravio, pois possívelmente teriam sido capturadas. Elas foram soltas em seu hábitat natural pelos policiais e as gaiolas apreendidas destruídas.

PIRACEMA
A Polícia Ambiental encerrou a Operação Piracema com R$ 68.376,60 em multas e 44 autos de infração ambiental. Foram realizados 21 flagrantes de degradação ambiental contra a fauna ictiologia (ramo da zoologia devotado ao estudo dos peixes) e apreendidos 115 metros de redes. As atividades foram realizadas pelo 3º Pelotão da corporação, sediada em Rio Claro e atua em 16 municípios da região de Piracicaba.

DENÚNCIAS
Denúncias podem ser feitas pelos telefones da sede da corporação em Rio Claro (19) 3523-2012 ou ainda através do telefone 0800-113560, ou situações de emergências, por meio do telefone 190 da Polícia Militar.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 1 =