Polícia Ambiental multa em R$ 122 mil após queimada em Santa Maria da Serra

Área foi monitorada por satélite. (Divulgação/Polícia Ambiental)

A Polícia Ambiental multa em R$ 122.600,00 o proprietário de uma fazenda de Santa Maria da Serra, onde ocorreu uma queimada em plantação de cana-de-açúcar nesta segunda-feira (29).

De acordo com a corporação, a área foi monitorada pelo satélite, que identificou duas áreas de cultivo de cana de açúcar queimada. O proprietário do local informou aos policiais que a área foi arrendada para uma usina. Os policiais conseguiram localizar o responsável pela usina, que teria informado que não possui a autorização para queima de cana de açúcar e alegou que o incêndio foi criminoso por pessoa desconhecida.

Os PMs confirmara que o fogo não atingiu Área de Reserva e APP (Área de Proteção Ambiental). Dia 21 de junho, a corporação também multou o proprietário de uma plantação de cana-de-açúcar em R$ 70,5 mil, onde ocorreu uma queimada. A sanção foi proporcional ao tamanho da área do incêndio, que foi de 70,503 hectares. A identidade do responsável pela propriedade rural não foi informado pela polícia.

Cristiani Azanha

[email protected]