Polícia Civil apreende 6kg de skunk na rodoviária da cidade

Droga está avaliada em até R$ 300 mil (Divulgação/Deic)

Policiais civis apreenderam 21 pacotes de skunk (supermaconha) durante ação realizada na rodoviária de Piracicaba, na manhã do último sábado (12). Dois homens de 22 e 40 anos foram flagrados com o entorpecente nas bagagens, que são comercializados entre R$ 30 mil a R$ 50 mil, o quilo.

A abordagem foi realizada pela 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente) da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) e UIP (Unidade de Inteligência Policial) do Deinter-9. Eles apuraram informação de que dois homens oriundos do Paraná estariam a caminho de Piracicaba para trazer a droga.

Após monitoramento na rodoviária, os policiais flagraram o momento em que dois homens deixaram uma mala em um canto da rodoviária, permanecendo a alguns metros de distância, o que chamou a atenção da equipe.

Quando um dos policiais civis dirigiu-se discretamente em direção a bagagem para averiguá-la, um deles o abordou, questionando se ele seria “quem iria receber a carga”. O que não esperava era que na verdade, eles acabaram sendo abordados imediatamente e contidos pelos demais policiais que estavam nas imediações. Na bagagem deixada pelos suspeitos, os policiais encontraram as porções da droga. Ambos foram levados à sede da delegacia especializada onde prestaram depoimento. Depois foram levados à carceragem, onde ficaram até serem apresentados às respectivas audiências de custódia.

A droga foi apreendida, que pode custar até R$ 300 mil e será periciada pelos agentes do IC (Instituto de Criminalística) e depois o restante deverá ser incinerado depois da autorização judicial.

INVESTIGAÇÃO
A investigação continuará a ser realizada pelas equipes da Dise na tentativa de identificar outros envolvidos no esquema do tráfico de drogas.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco − quatro =