Polícia Civil apura denúncia de estupro; suspeito nega

0
760 views
Caso foi registrado no plantão policial (Claudinho Coradini/JP)

APolícia Civil apura uma denúncia de estupro envolvendo um garoto de 15 anos, que teria ocorrido no Piracicamirim. O caso foi registrado no sábado no plantão policial. A irmã do garoto entrou em contato com a Polícia Militar, por meio do telefone 190, avisando que havia recebido um áudio de seu irmão, dizendo que teria sido molestado pelo inquilino, que reside na residência dos fundos. No entanto, alegou que não testemunhou o ocorrido.

O suspeito foi localizado pela Polícia Militar e levado ao plantão policial, mas negou a acusação e alegou que eles apenas conversavam e que em nenhum momento teria cometido nenhum tipo de abuso contra o adolescente. O suspeito não estava acompanhado de advogado.

A mãe do garoto informou que seu filho tem problemas psiquiátricos e faz tratamento no Caps. Segundo ela, durante o ocorrido não tinha nenhuma testemunha que pudesse comprovar a acusação. Ela alegou ainda que apenas ficou sabendo do caso.

O delegado Gillys Esquitino Scrocca registrou o boletim de ocorrência e liberou o acusado após prestar depoimento. A denúncia será apurada pelas policiais civis da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), onde as circunstâncias da acusação serão apuradas.

A família do garoto foi orientada a levá-lo ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exames. O laudo, que deve ficar pronto em 30 dias, será anexado ao inquérito policial. Nos próximos dias, o acusado, o adolescente e seus familiares deverão prestar depoimento na DDM.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

vinte + 13 =