Polícia Federal prende homem por posse de pornografia infantil

PF de Piracicaba cumpriu os mandados (Amanda Vieira/JP)

Um homem de 51 anos foi preso durante operação realizada ontem (12), pela Polícia Federal. Ele foi flagrado em sua residência, em Piracicaba, após o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Foram localizados sete HDs contendo mais de 1,5 mil arquivos com vídeos envolvendo abuso sexual de crianças e adolescentes.
O mandado foi expedido pela 3ª Vara Federal de Piracicaba e cumpriu todas cautelas devidas, apesar da pandemia causada pela covid-19.

Ele foi autuado de acordo com artigo 241-B do ECA (Estatuto da Criança e Adolescente, que trata sobre “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”. Se condenado, ele pode ter pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.

INVESTIGAÇÃO
A Polícia Federal tem intensificado as ações para coibir esse tipo de crime em vários estados. Mês passado dois mandados de busca e apreensão expedidos em inquéritos que tinham como objetivo investigar o compartilhamento de imagens de pornografia infantil na internet. Durante a ação, duas pessoas foram presas em flagrante. Um dos presos, de 60 anos, reside em Curitiba, enquanto o outro, de 43 anos, na cidade paranaense de Piraquara.

NOTAS FALSAS
A Polícia Federal de Piracicaba, com o apoio da Polícia Militar de Rio Claro, prendeu em flagrante, ontem uma mulher e dois homens, que passariam notas falsas no Bairro de Palmeiras em Rio Claro.
As cédulas apreendidas estavam ocultas no veículo onde foram abordados pela Polícia Militar de Rio Claro. Os investigados responderão pelo crime de moeda falsa. A pena varia de três a 12 anos de reclusão.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

1 × 1 =