Polícia Militar Ambiental multa fazendeiro responsável por búfalos pela terceira vez

Foto: Divulgação

Protetora de Piracicaba afirma que os animais precisarão de pelo menos quatro meses de tratamento

O fazendeiro, proprietário de centenas de búfalos localizados em situação de maus-tratos, em Brotas, recebeu ontem (26), a terceira multa da Polícia Militar Ambiental. Desta vez, ele foi penalizado em R$ 517 mil, após ser acusado de danificar uma área de 17 hectares de área de APP (Área de Preservação Permanente), que foi pisoteada pelos búfalos.

No total, ele já foi multado em 3,9 milhões pela corporação por maus-tratos a centenas de animais em situação de maus-tratos.

Na última quarta-feira (24), os policiais constataram que ele ainda mantinha 385 búfalos e 72 cavalos com estado de magreza acentuado, devido à insuficiência ou ausência de alimentos.

A protetora de Piracicaba, Thaty Freitas faz parte do grupo de voluntários que participam de uma força-tarefa para os cuidados dos animais. Como também é auxiliar veterinária, ela ajuda na alimentação, e também a segurar os búfalos para aplicação de medicamento que não é uma tarefa fácil. “Cada animal usa 30 litros de soro de manhã e a mesma quantidade à noite. Apesar de todos os cuidados, já perdemos dois no fim de semana e outro nesta semana. Ainda há trabalho para pelo menos quatro meses até que os animais que sobreviverem possam estar saudáveis”, disse.

Segundo ela, cada animal precisa de quatro pessoas para segurá-lo com as medicações. Outros búfalos precisaram de guindastes para serem levantados, pois não tinham mas condições de ficaram em pé sozinhos.

“É impressionante como eles respondem aos estímulos, pois sentem que as pessoas estão lá para ajudá-los. Podemos andar tranquilamente no pátio, onde estão. A cada animal que apresenta um sinal de melhora serve de apoio para cada pessoa que está lá ajudando-os”, ressaltou a ativista piracicaba.

DOAÇÕES
Thaty disse ainda que como o caso ganhou repercussão nacional é importante que as doações sejam feitas diretamente para pessoas que estão auxiliando nos cuidados.

As doações podem ser encaminhadas para a Fazenda São Luiz, setor rural, em Ribeirão Bonito, próximo a Brotas. Outra opção é fazer a doação em dinheiro na conta corrente da ONG ARA CORA , SCD 403, agência 0001, conta corrente 1372147-8, PIX pelo CNPJ 147321530001-38 e Paypal pelo [email protected] (enviar o comprovante para o Instagram @bufalas_de_brotas).

Cristiani Azanha
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 2 =