Polícia Militar prende trio que invadiu casa de idoso na SP-304

Acusados foram levados à sede da UPJ de Piracicaba | Foto: Claudinho Coradini/JP

Três homens acusados de invadir a casa de um idoso, no Parque Prado, em Campinas foram presos em um posto de combustível às margens da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), no Tupi, na manhã, de sexta-feira. Segundo a Polícia Militar, durante o roubo, eles arramaram e amordaçaram a vítima. Um deles chegou a sentar em cima do idoso durante a ação criminosa.

O subtenente da PM, Nelson Oliveira explicou que as imagens do circuito de câmeras da casa da vítima, registrou que os suspeitos usavam um GM Corsa, com placas de Piracicaba e intensificaram o patrulhamento na região, mas ninguém foi localizado. Aproximadamente duas horas e meia após o roubo, uma pessoa entrou em contato com a Polícia Militar, pois tinha desconfiado das atitudes de alguns homens que descarregavam um veículo, em um posto de combustível de Piracicaba.

“Constatamos que os suspeitos retiravam objetos de um GM Corsa e passavam para um Honda Civic. Como já tínhamos conhecimento, que indivíduos teriam usado um carro semelhante no roubo, em Campinas, fi zemos a abordagem”, disse o subtenente.

Os policiais apreenderam com os suspeitos vários relógios, semijoias e uma quantia em dinheiro. Os acusados foram conduzidos à UPJ (Unidade de Polícia Judiciária), onde foram autuados em flagrante sob acusação de roubo. Eles fi caram na carceragem anexa ao 1º Distrito Policial, onde fi caram até serem encaminhados às respectivas audiências de custódia.

RECONHECIMENTO
O idoso esteve na sede da UPJ, enquanto o caso era registrado e teria identificado dois dos suspeitos, que entraram anteriormente em sua residência.

Em meio aos pertences do aposentado, a Polícia Militar apreendeu uma réplica de pistola, que teria sido utilizada pelos criminosos para render a vítima. A apuração sobre o ocorrido continuará a ser realizada pela Polícia Civil na tentativa de identificar se os suspeitos estariam envolvidos em outras ações criminosas, na região.

Cris Azanha

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

8 + doze =