Policiais da Deic prendem mulher acusada de tráfico

Maconha, crack e lança-perfume foram apreendidos (Divulgação)

Uma mulher de 29 anos foi presa em operação dos policiais civis da 3ª Delegacia de Homicídios da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais, anteontem, no bairro São José. Na casa da acusada, os agentes apreenderam 822 microtubos vazios, além de aproximadamente um quilo de maconha e crack entre porções brutas e embaladas para a venda. Os policiais também localizaram um litro de lança-perfume.

Utilizando uma viatura descaracterizada, os políciais da delegacia especializada flagraram o momento, em que ela abria o portão da residência e realizaram a abordagem. Inicialmente, ela disse que não tinha nada de ilícito em casa, mas ao entrarem no imóvel, os policiais teriam localizado as drogas.

A acusada foi conduzida à Deic, onde prestou depoimento à delegada Juliana Ricci e depois encaminhada à carceragem. O trabalho foi supervisionado pelo delegado divisionário Wilson Lavorenti.

1ª DIG
Policiais civis da 1ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais) da Deic recuperaram uma picape VW/Saveiro que estava com queixa de apropriação indébita desde 30 de junho de 2020, em Cotia. Questionado sobre o veículo, o suspeito alegou que trabalhava para o proprietário como consultor de empresas. Mas foi demitido, como ainda tinha valores a receber que estavam em atraso, considerou que o carro ficou como parte do pagamento. O veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio de veículos. O consultor prestou declarações e foi liberado em seguida.

Veiculo foi recuperado pela Polícia Civil (Divulgação/Deic)

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

14 − 12 =