Em São Pedro, Papai Noel chegou na viatura da PM Rodoviária; em Piracicaba, foram mais de 1.000 brinquedos. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar fez a entrega de 1.085 brinquedos em vários bairros de Piracicaba. As crianças fizeram filas para receberem o presente que foi arrecadado pelos próprios policiais. A ação social ocorreu na última sexta-feira (20).

O cabo Vitor Souza Lopes, que faz parte do Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas), disse que ficou feliz com o resultado. “No ano passado fizemos as entregas de 470 brinquedos. Esperávamos arrecadar cerca de 800 brinquedos, mas conseguimos ultrapassar a nossa meta”, afirmou Lopes.

O policial disse que espera repetir a ação social em 2020. “Já recebemos proposta de patrocínio para o ano que vem, inclusive nos disponibilizaram um espaço para guardar os brinquedos doados”, afirmou.

Vários policiais auxiliaram de maneira voluntária, pois alguns estavam em horário de folga e outros em férias. PMs da 1a, 4a e 5a Companhia da corporação e Companhia de Força Tática participaram da iniciativa.

Em 2019, a arrecadação começou a ser realizada em novembro, ou seja, os policiais tiveram menos de um mês para concluírem as arrecadações e separarem os presentes.

Os policiais fizeram as entregas nos bairros Bosques do Lenheiro, Sol Nascente, Oriente e Comunidade Portelinha

VETERANOS

Os policiais veteranos (aposentados) do 10o BPM/I (Batalhão da Polícia Militar do Interior) visitaram os 87 idosos que residem no Lar Betel, na última quinta-feira (19). Lá eles receberam muitos presentes e puderam participar de uma festa organizada pelo grupo Força & Honra de Piracicaba.

SÃO PEDRO

Em São Pedro, o Papai Noel deixou seu trenó e chegou de viatura, na noite de sábado (21).

O comandante da PM Rodoviária de Piracicaba, tenente Tarcísio Renato Pierobom, disse que a proposta foi fazer uma aproximação da polícia com a comunidade. “As crianças puderam tirar fotos com o Papai Noel e nossos policiais e também puderam entrar nas viaturas. As crianças se divertiram bastante, ao mesmo tempo em que puderam ter a oportunidade de fazer uma aproximação com os nossos policiais. A aproximação com a comunidade faz parte dos objetos da nossa corporação”, afirmou.

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 5 =