Polícias Federal e Militar organizam atuação na eleição

(Amanda Vieira/JP

As Policiais Federal e Militar organizam as atividades que serão realizadas, no próximo domingo, 29, quando acontecerá o segundo turno da eleição para prefeito de Piracicaba. O delegado da Polícia Federal Júlio Sávio Monfardini disse que os agentes estão trabalhando normalmente. “Continuaremos a usar o drone”, disse o delegado.

No primeiro turno, a instituição, usou o equipamento em vários pontos de Piracicaba e região para prevenção e repressão de crimes eleitorais. O drone já é usado pela instituição em operações e investigações. Um dos pontos escolhidos pelos agentes foi a Escola Estadual Professor José de Mello Moraes, na área central da cidade. Na ocasião, o delegado Júlio Sávio Monfardini, da Delegacia da PF de Piracicaba explicou que foram realizadas as ações preventivas como boca de urna, por exemplo. “Não identificamos nenhuma situação, também não houve nenhuma comunicação à Justiça Federal. Por enquanto fechamos sem nada”, disse Monfardini.

LEIA MAIS

A proposta de usar o drone foi adotada pela PF para minimizar as abordagens, contato social com pessoas que não necessitam de intervenção neste período de pandemia da covid-19.

POLÍCIA MILITAR
O comandante do 10º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), tenente-coronel Adriano Manoel Redua dos Santos, informou que será realizado o policiamento nas escolas onde serão recebidos os eleitores. As urnas, os cartórios eleitorais e o local da apuração serão escoltados. “Todo o efetivo do Batalhão será empregado e receberemos apoio do efetivo do Comando de Policiamento do Interior 9”, cita a nota.

ESCOLTA URNAS
Hoje, a Polícia Militar programou as escoltas das urnas até os locais da votação, bem como policiamento diuturnamente nas escolas e nos locais da apuração.

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

1 × quatro =