População reclama de sujeira em quadra de escola no Vila Cristina

Líder comunitária reclama de sujeira na quadra de escola | Foto: Claudinho Coradini/JP

Moradores do entorno e usuários da escola municipal Prof. Francisco Benedicto Libardi e o centro comunitário Luiz Stella, ao lado, ambos eles localizados no bairro Vila Cristina, reclamam de sujeira e falta de segurança no entorno.

Segundo líder comunitária e presidente do centro, Delvita Rodrigues de Oliveira, a quadra da escola acumula sujeira de semanas, o que incomoda a população. Na segunda-feira (8), ela e outras pessoas realizaram um mutirão para limpar o local.

Além disso, como releva Delvita, a escola ainda aguarda o início de obras já anunciadas e contratadas pela Prefeitura. “As aulas inclusive não retornaram no dia 8 porque vai passar por algumas reformas antes de voltar a receber os alunos, mas até agora as obras sequer começaram”, conta a líder, indignada.

Sobre o centro comunitário, Delvita conta que muitas reformas no local foram realizadas pelos próprios moradores. “Reformamos o alambrado, trocamos fiação e telhado”. Outro agravante na região, ela conta, foi tentativa de furto do relógio da escola no sábado passado.

Questionada sobre a falta de limpeza e obras pelas quais devem passar a escola Francisco Libardi, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em nota, respondeu apenas que a unidade “passa por manutenção na parte elétrica”.

No entanto, ao contrário do que relatou Delvita Rodrigues de Oliveira, e constatado pelo Jornal de Piracicaba, a pasta disse que a escola “está limpa”. Sobre a reforma pendente para a volta às aulas, a secretaria informou que “a previsão de término desses serviços é de 10 dias para, depois, serem retomadas as atividades”.

Erick Tedesco | [email protected]

Leia Mais

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 4 =