Por que perdoar?

Foto: Pexels

“Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro”. Esta frase de Jung explica o estágio atual da humanidade. Reflita, por exemplo, sobre o sentido do amor para este mundo. Reflita sobre a forma com a qual muitos agem ou reagem. Reflita como muitas músicas modernas estão tratando o amor… Não fica difícil entender os motivos que levam tanta gente ao sofrimento, ao vazio e às doenças emocionais.

O perdão, por exemplo, é um sublime ato de amor, altamente libertador, mas requer compreensão. Você já foi maltratado? Mal atendido em algum lugar? Recebeu críticas infundadas ou maldosas? Sofreu algum preconceito ou injustiça? Saiba que aquele que te fez isso certamente tem problemas e sofre muito por ser assim. Lógico que as injustiças precisam ser tratadas, pois ninguém está acima da lei ou da ética, mas é preciso, também, compreender e perdoar. Por detrás de uma pessoa que fere, sempre há uma pessoa ferida; alguém em luta consigo mesmo e que age desta maneira para se autopunir ou amenizar conflitos internos.

Vale lembrar também que o perdão traz paz e nos faz estar bem conosco e essa paz verdadeira não carece de divulgação.Triste ver tanta gente tendo a necessidade de demonstrar que está bem, especialmente em redes sociais, e internamente, vivendo outra realidade. Paradoxos da autossabotagem! Amar, perdoar, estar feliz, não pressupõe divulgação e não é teoria, é atitude de amorpróprio. Preocupante ver tanta gente declarando o que não sente, sendo o que não é, na ilusória tentativa de se esconder de si mesmo. E as redes sociais estão se transformando numa verdadeira máquina de divulgar estas incoerências.

Se você não está em paz, se você não é feliz, se você projeta nos outros os sentimentos ruins que habitam sua mente, se tem traumas ou conflitos não resolvidos, procure ajuda para se libertar, pois essa libertação transformará sua vida. Se você é vítima de pessoas assim e não consegue evitar a mágoa, o sofrimento, procure ajuda para entender melhor isso e também experimentar esta transformação. Sofrimentos podem ser amenizados ou evitados. Doenças emocionais e físicas podem ser curadas. A vida pode ser melhor, você pode ser feliz. Existem motivos que explicam a sua situação atual, seja ela qual for!Analisar-se e resolver-se é atitude nobre, de pessoas sábias e está ao alcance de todos nós. Basta querer e fazer.

Perdoar é, antes de tudo, um ato de muita inteligência. Enquanto não perdoamos, somos prisioneiros dos piores sentimentos, que refletem nosso comportamento! Perdoar não faz necessariamente esquecer, mas lembrar em paz sobre o que aconteceu. Perdoar não é ser bobo, fraco ou aceitar o que está errado. Perdoar é característica de pessoas maduras emocionalmente, simplesmente porque elas entendem que o perdão vem da compreensão do que está por trás das atitudes dos outros.

“Quem não renuncia a necessidade ansiosa de ser perfeito não aplaude a própria humanidade, perde a essência e esgota a energia vital.” (Augusto Cury)

Nossa felicidade não pode depender do que não depende de nós.

Perdoe-se. Perdoe.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um + doze =