Praticar atividade física fortalece o sistema imunológico

0
76 views
No Dia do Esportista, a medicina prova mais uma vez a importância da prática do esporte. (Foto: Divulgação)

A prática de esportes é uma aliada importante para manter a saúde física e mental, além de melhorar a disposição e o bem-estar e ainda ajudar a prevenir doenças. É justamente para estimular as pessoas a incorporarem esse hábito em suas rotinas que a Santa Casa de Piracicaba reverencia o Dia do Esportista, comemorado hoje, 19 de fevereiro.

Afinal, nada melhor do que um registro no calendário para lembrar o que todos os especialistas  em saúde afirmam aos quatro cantos do mundo: dieta saudável, acrescida de sono regular e atividade física regular é a receita perfeita para a boa qualidade de vida.

O médico coordenador do Pronto Atendimento da Instituição, Dr. Amando Camargo Cunha Jr. (CRM 107.400), que também é esportista, explica que, ao praticar atividade física, o corpo se beneficia, pois o exercício fortalece o tônus muscular, ajuda na flexibilidade e no fortalecimento dos ossos e articulações.

Segundo ele, além de favorecer a perda de peso e redução da gordura corporal, o esporte ajuda a regularizar taxas importantes do metabolismo, como a glicemia, colesterol e triglicérides.

Além disso, ao praticar esporte, o fluxo sanguíneo cerebral melhora, favorecendo a diminuição do estresse, da ansiedade e da depressão, melhorando  consequentemente a autoestima. Para comprovar todos esses benefícios, há uma área da medicina que tem se voltado à saúde pela prática esportiva.

“O estado de imunidade de um individuo que pratica esporte ou atividade física regular é tão importante à saúde que foi tema do livro “O Exercício”, de autoria de Nabil Ghorayeb, que  recebeu o prêmio Jabuti de Ciência e Saúde”, disse Cunha Junior.

Ele revela que a publicação destaca os aspectos imunológicos entre os indivíduos que praticam atividade física de forma moderada e regular e comprova que o exercício estimula a melhoria das funções hormonais e antioxidativas do organismo, bem como a função imunológica, principalmente nas células de neutrófilos,  que são os primeiros elementos de combate à infecção. “Essas células permanecem elevadas por um período de até 24 horas após a atividade física”, enfatiza.

O médico ressalta que, para optar pela atividade física que melhor se encaixa no seu perfil, o ideal é procurar por um especialista da área para avaliar a prática esportiva e criar um cronograma para atletas e esportistas profissionais até aqueles que gostam de praticar exercícios físicos para se manter em forma.

“Ao analisar a estrutura de cada corpo e organismo, esse profissional vai orientar quais atividades realizar de forma a não prejudicar a estrutura corporal; afinal, a atividade física precisa, primeiro, ser prazerosa para depois apresentar bons resultados”, completa Cunha Junior.

Da Redação

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 − dezenove =