Prefeito fala sobre os 100 dias de trabalho e aponta novos projetos

Prefeito ressaltou que equipe assumiu a administração municipal com vários serviços parados ou em atraso. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A Prefeitura de Piracicaba apresentou hoje, o diagnóstico dos primeiros 100 dias de governo e também os principais projetos elaborados pelas Secretarias para os próximos anos da gestão. As informações foram passadas ontem (16), em coletiva à imprensa.

O prefeito Luciano Almeida (DEM), disse que o principal desafio da nova gestão, foi iniciar o governo sem uma transição com a antiga. “Nós assumimos no dia 4 de janeiro, sem qualquer informação e no auge da pandemia, algo que tem tomado mais de 80% do tempo de todas as Secretarias, não apenas a da Saúde, pois estamos todos envolvidos na solução deste problema”, ressaltou.

Luciano informou também que a nova equipe que integra a prefeitura constatou um acúmulo de serviços atrasados como o caso de podas de árvores e problemas estruturais nas tubulações que fazem a distribuição de água. “Existem mil e setecentos quilômetros de tubulação de água em nosso município, a última vez que foi feita manutenção foi no ano de 2013”, disse.

De acordo com o prefeito, o conteúdo apresentado é a realização do trabalho conjunto de todos os secretários municipais, tendo em comum a iniciativa de oferecer soluções a curto, médio e longo prazo que beneficiem a população, por meio de serviços públicos de qualidade, mais ágeis e eficientes.

O secretário de Saúde, Filemon Silvano, ressaltou o projeto RespirAr, que terá início na segunda-feira (19), tem por objetivo diagnosticar com medidas práticas e também diminuir a mortalidade de pacientes considerados do grupo de risco com covid-19, além de descentralizar o atendimento e evitar internações em UTIs.

“Esse projeto pretende descentralizar os atendimentos das nossas UPAs, onde temos um acúmulo muito grande de pacientes e estamos colocando essas pessoas no Programa Saúde da Família, para um melhor acompanhamento”, informou o secretário.

A Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Renda, informou que pretende fazer a integração entre o desenvolvimento, trabalho e turismo, sendo a indutora para a geração de trabalho e renda. Para tal, tem como projetos prioritários o Investpira – para atratividade de empresas, banco de empregos municipal – para agilizar a intermediação de mão de obra e implantação de Turismo Rural e Regional.

No combate à violência, a Guarda Civil Municipal, disse que pretende ampliar os esforços ao combate da violência contra a mulher, por meio do desenvolvimento do aplicativo “Botão de Pânico” para as mulheres atendidas pela Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil. “Essa é uma iniciativa pioneira na região, nosso atendimento atualmente é feito via código 153 e também através de ocorrências e percebemos que as estatísticas estão aumentando, só em 2021 já atendemos 188 medidas protetivas”, informou Sidney Nunes, comandante da Guarda Civil

Na área econômica, Artur Costa, Secretário de Finanças, falou do projeto Atendimento ao Contribuinte, que irá promover o treinamento dos servidores e a implantação contínua de atendimento digital, para garantir melhoria na qualidade dos serviços prestados.

Todas as ações e projetos das demais secretarias podem ser acessadas diretamente no site da prefeitura.

Pedro Martins
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

17 − 15 =