Prefeitura abre licitação para novo contrato de tapa-buraco em Piracicaba

Foto: Divulgação

Rua Amador Bueno recebeu a operação Tapa-buraco nesta semana

Com novo formato para trazer mais economia de materiais e melhor qualidade do serviço final, a Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semob (Secretaria Municipal de Obras), publicou ontem, (03), no Diário Oficial, o aviso de abertura de licitação para execução de serviços de manutenção e conservação de vias públicas (tapa-buraco) no perímetro urbano. As empresas interessadas devem apresentar suas propostas em 03 de junho.

O edital, modalidade concorrência 14/2022, pode ser acessado pelo portal da Prefeitura, no botão Licitação (http://www.piracicaba.sp.gov.br/). O critério para escolha da empresa vencedora será o de menor preço global. O valor estimado do contrato é de R$ 10.586.318,88, com vigência de 12 meses, a partir da expedição da Ordem de Serviço (OS), com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

De acordo com o edital, entre as novidades para o serviço está a medição da massa aplicada por m² e a execução do serviço será padronizada, realizando requadramento ao redor do buraco, preenchendo com bica corrida (conjunto de pedra britada, pedrisco e pó-de-pedra) e finalizando com a massa asfáltica. O objetivo é que seja feita recuperação mais profunda e duradoura.

“Nosso objetivo é melhorar o resultado final da recuperação pontual do pavimento. Muitas vezes, quando as equipes chegam ao local do reparo, percebem que o problema é mais delicado e para solucionar é preciso ir além da aplicação da massa. Assim, com o novo contrato também teremos um tipo diferente de recuperação, que requer a fresagem e a recomposição de base com reciclado da construção civil”, explica o titular da Semob, Paulo Sérgio Ferreira da Silva.

A empresa contratada deverá ter, no mínimo, três equipes completas com materiais, mão de obra e equipamentos para atuação simultânea conforme a programação da Semob. Pelo menos uma equipe deverá ter um caminhão com silo térmico móvel e todas deverão ter um termômetro em cada caminhão para que a massa asfáltica aplicada esteja na temperatura adequada e assim não perca suas características físico-químicas. A Semob será responsável pela fiscalização da execução do serviço.

O edital também prevê que a empresa será responsável pela sinalização de desvio e segurança do trânsito (diurna e noturna) quando necessário e na região central, em corredores comerciais ou locais com restrição de circulação de máquinas e caminhões, a execução dos serviços deverá ser programada em dias e horários não comerciais.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

treze + 17 =