A prefeitura informou que são disponibilizados 12 caminhões, com quatro garis e um motorista (Foto: Amanda Vieira/JP)

A prefeitura de Piracicaba enfatiza que o serviço de coleta seletiva na cidade não foi paralisado pela pandemia e que segue normal pelos bairros da cidade. Reportagem do Jornal de Piracicaba publicada ontem (25), expôs reclamações de moradores do centro, que relatam que o serviço não seria prestado naquela região por, pelo menos, 4 meses. Na publicação, o JP também traz a informação da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente) de que a coleta seletiva no centro é realizada de terça, quinta e sábado, no período noturno.

“Sobre a manchete veiculada na edição do Jornal de Piracicaba desta terça-feira (25) ‘Coleta seletiva não passa no Centro há 4 meses e população reclama’, a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) afirma que a informação é incorreta. O serviço de coleta seletiva tem sido realizado normalmente”, disse a prefeitura em nota. Segundo a nota, a empresa Piracicaba Ambiental – responsável pelo serviço, contabiliza “apenas sete reclamações da coleta seletiva no Centro desde o mês de março, ou seja, em cinco meses”, complementou.

A prefeitura informou que são disponibilizados pela empresa, para atender ao município, 12 caminhões, com quatro garis e um motorista, totalizando 60 trabalhadores para coletar o material reciclável. “Ano passado, o serviço coletou mais de 3 mil toneladas de material reciclável. Até junho deste ano, lembrando que estamos vivendo uma pandemia, a Coleta Seletiva já recolheu mais de 1,2 mil tonelada de recicláveis”, traz a nota.

Andressa Mota

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco − 2 =