Decreto municipal mantém a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção e de álcool em gel 70%. /Foto: Amanda Vieira/JP.

Seguindo a mesma medida adotada pelo Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Piracicaba, publicou ontem decreto prorrogando o período a quarentena no município até o dia 16 de dezembro. A prorrogação foi estabelecida por decreto municipal nesta terça-feira no Diário Oficial, e faz parte do Plano de Retomada das Atividades Econômicas em Piracicaba, que continua na fase 4 (Verde) no Plano São Paulo de combate ao coronavírus.

De acordo com o decreto municipal, todas as medidas de enfrentamento à covid-19 ficam mantidas, assim como todos os protocolos sanitários, que obrigam o uso de máscara e de álcool em gel 70%, entre outros, em todos os estabelecimentos.

Também fica proibida a aglomeração de pessoas. Para fazer cumprir as regras do decreto que estabelece o protocolo sanitário da fase 4 o Cevisa (Centro de Vigilância em Saúde), com apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar, continua com as operações de fiscalização, segundo informou a administração municipal.

O governo paulista também publicou decreto prorrogando a quarentena no Estado em mais um mês. Com o Plano São Paulo, as atividades econômicas não essenciais começaram a ser retomadas, em fases, desde 1º de junho.

A região de Piracicaba está na fase verde do Plano, com as restrições mais brandas, desde 9 de outubro. Nesta semana, o governo anunciou que a nova atualização do Plano São Paulo foi prorrogada para 30 de novembro, devido a problemas no sistema do Ministério da Saúde.

ÓBITO APÓS 5 DIAS

Após cinco dias sem registrar mortes por covid-19, a Secretaria de Saúde de Piracicaba registrou ontem o óbito de um idoso de 68 anos, subindo para 374 vítimas fatais da doença na cidade.

Em relação aos infectados pelo novo corona vírus, foram mais 54 pessoas nas últimas 24 horas, sendo 34 mulheres (com idade entre cinco e 82 anos) e 20 homens (entre 21 e 95 anos), elevando o número de contaminados para 17.828.

Piracicaba também registra 16.960 pessoas recuperadas da doença, 494 pessoas em tratamento, 971 casos suspeitos e 39.072 casos descartados.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × um =