Presépios para o Nata

Em comemoração ao nascimento do menino Jesus, loja oferece presépios para todos os gostos. (Foto: Amanda Ribeiro)

Papai Noel é um dos ícones principais do feriado do dia 25 de dezembro, mas um outro personagem de grande bondade como o bom velhinho é o aniversariante desta data e a razão do Natal ser comemorado na maioria dos países da América.

Para os cristãos, o Natal é a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, e, como forma, de relembrar anjos como decoração e cantigas, e um presépio é montado em sua homenagem.




E o que seria um presépio? Basicamente, o presépio traz esculturas de personagens que montadas juntas representam o nascimento de Jesus. “O clássico presépio é o italiano, onde possuem os três reis magos, José, Maria, os animais dos estábulos onde ocorreu o nascimento, todos envolta do berço onde Jesus estava”, comenta Maria Helena, dona da loja Raízes, que vende diversos tipos de presépios.

Ela também contou que a história da origem dos presépios é uma tradição que teve início com São Francisco de Assis, no ano de 1223. São Francisco queria mostrar aos camponeses como tinha sido a noite do nascimento de Jesus, mas não sabia como fazer. Foi aí que teve a ideia de pegar argila e montar vários bonequinhos de barro e apresentou a população da cidade próxima a Roma, Greccio (Itália).

Atualmente, existem presépios para todos os tipos de gostos, indo de pelúcias – com ar mais amigável e infantil – um estímulo para as crianças inclusive, pois quem nunca brincou com os bonecos do presépio da avó? –, outros são feitos de argila relembrando a primeira obra, além do clássico italiano que representa com mais realismo os personagens.

No Natal, onde se deve colocar um presépio? Bem, segundo Maria, o local vai de cada gosto da família, porém, os mais comuns são em mesas próximas da árvore de Natal, criados-mudos na sala ou até mesmo no cômodo de entrada da casa relembrando o significado da data.

SAGRADA FAMÍLIA

Muitas pessoas confundem o presépio com imagens da Sagrada Família e vice-versa. A Sagrada Família é composta por José, Maria e o menino Jesus, enquanto o presépio possuí outros elementos como os três reis magos, os animais e até mesmo anjo Gabriel e um padre.

Larissa Anunciato

[email protected]