Prisões realizadas pela polícia em 2021 lotaram mais de dois CDPs

CDP tem capacidade de que tem a capacidade de 514 pessoas (Alessandro Maschio/JP)

Nos nove primeiros meses de 2021, as 1.159 prisões realizadas pelas Polícias Civil, Militar e Guarda Civil foram suficientes para lotarem dois CDPs (Centros de Detenções Provisórias) que tem a capacidade de 514 pessoas. Os números foram divulgados pela SSP (Secretaria de Segurança Pública).

O comandante do 10º BPM/I (Batalhão da Polícia Militar do Interior), Alexandre Luiz Bergamasco Pedro informou que a PM de Piracicaba atendeu e registrou mais de 260 flagrantes dos mais variados delitos entre eles mais de 100 casos relacionados ao tráfico de entorpecente, perfazendo a apreensão de mais de 45 Kg de drogas (maconha, cocaína e crack). “Manifesto-me ainda pela integração que há entre todas as forças de segurança do município na busca por melhores resultados. Ressalto também o mesmo entrosamento junto ao Poder Judiciário, do Ministério Público, Poder Executivo, Poder Legislativo e demais forças vivas e lideranças da sociedade, sempre buscando o bem comum da população”, destacou o comandante.

Comandante da PM destacou os 260 flagrantes realizados (Alessandro Maschio/JP)

O delegado Seccional Américo Sidnei Rissato disse que a Polícia Civil tem atuando diuturnamente nas investigações para coibir os crimes e contribuir para que os infratores seja responsabilizados criminalmente.

INDICADORES

De acordo com as estatísticas, os furtos outros passaram de 1.825 casos registrados em 2020 em Piracicaba para 2.726, no mesmo período do ano passado, representando um aumento de 49%.

“O aumento dos registros de furtos pode estar relacionado a facilidade de acesso on-line para a formalização de ocorrências, o que evitou subnotificações. Furtos cibernéticos em contas bancárias, furtos de materiais produzidos com o cobre, alumínio e outros materiais ferrosos e furtos de aparelhos de telefone celular foram os mais registrados. Como medidas preventivas adotadas estão ações como “Operação Ferro Velho” que se deu conjuntamente com outros órgãos e buscava inibir a receptação de produtos furtados pelos ferros velhos da cidade”, disse Bergamasco.

Piracicaba também registrou 13 homicídios no ano passado e 21 neste ano. Furtos de veículos totalizaram de 292 para 328 (+12%) Roubos de veículos tiveram queda de 103 para 84 (-18%).

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

catorze + 15 =