Produtores locais unem força para fomentar vendas de alimentos na quarentena

Imagens: Amanda Vieira/JP

Para enfrentar a pandemia, produtos rurais de Piracicaba uniram forças para fomentar as vendas por meio da internet. Além de receber uma cesta com alimentos fresquinhos na porta de casa durante a quarentena, de quebra ainda são orgânicos. Participam da iniciativa onze produtores locais que viram suas vendas cair quando o isolamento social começou, mas que conseguiram, além de não dispensar funcionários, aumentar as vendas.

O produto Fábio Ksouri Brasil, da Chácara Brasil, conta que, para superar a queda da demanda e a crise, resolveram ampliar a cesta que já era conhecida na cidade para que outros produtos também participassem. As cestas são montadas sob encomenda e entregues duas vezes na semana, às terças e sextas-feiras, apenas em Piracicaba. Os clientes podem receber em casa ou retirar na Chácara, em local aberto e desde que use máscara.




“A gente consegue sempre ter os produtos do dia, ter os produtos frescos, onde encurta o caminho da roça para o consumidor final, não tem que ir para um depósito, distribuído pelo supermercado para aí depois um consumidor comprar”, explica o produtor.

Brasil conta que um dos produtores era fornecedor de alimentos para merenda escolar e viu na cesta da Chácara Brasil e Parceiros uma oportunidade de manter o negócio nessa época. “Ele por exemplo, parou as escolas, entrou em desespero. […] A gente conseguiu que esse pessoal não tivesse que fechar as portas, despedir pessoas”, reflete. “Foi uma maneira de escoar uma alimentação saudável”, avalia.

Como a pandemia para muitas pessoas também está sendo um momento de reflexão sobre os hábitos e ações no planeta, Brasil comenta que a facilidade de receber produtos saudáveis em casa aumentou a demanda da cesta. “A gente sente bem que aumentou a procura, acredito que dos parceiros também, porque teve parceiros que a gente nem conhecia que [nos] procurou para vender o produto junto com a nossa cesta”, explica.

Brasil lembra que a produção dos parceiros são avaliados antes de integrarem a cesta para garantir a qualidade dos produtos e que sejam realmente orgânicos.

Além das frutas, legumes e hortaliças, também integram a lista para compor a cesta cogumelos, chás, mudas, plantas alimentícias não convencionais, pães artesanais com fermentação natural, geleias, mel, massa para tapioca, sementes, shampoo, condicionador e repelentes naturais e veganos, máscaras e filtros de café e chá.

SERVIÇO
Para que as cestas sejam montadas, os pedidos são feitos por telefone pelo número (19) 982370667. As entregas são feitas às terças e sextas-feiras em dois períodos: a partir das 13h até às 18h e a partir das 16h até às 20h.

Andressa Mota

[email protected]