Projeto Guri completa 15 anos

Guri dá oportunidade para desenvolver habilitades musicais. (Créditos: Claudinho Coradini/JP)

O polo Piracicaba do Projeto Guri inicia 2020 com um feito e tanto a ser celebrado no decorrer dos próximos meses: 15 anos de atividades na cidade na formação musical e social de crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação Casa). As aulas recomeçam apenas no dia 27 de janeiro, mas as ações já estão em processo de criação, segundo o coordenador local do projeto.

“É um ano especial e certamente teremos uma parte da programação voltada a homenagens, para marcar a atuação do projeto na cidade”, revela Carajol, sem ainda anunciar do que se trata.




Em Piracicaba, o Guri atualmente atende 350 alunos, que participam de cursos de Clarinete, Contrabaixo acústico, Coral Infantil, Coral juvenil, Eufônio, Flauta transversal, Percussão, Saxofone, Trombone, Trompete, Viola, Violino e Violoncelo. Mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, a adesão ao projeto acontece nos períodos de contraturno escolar.

Os 15 anos do Guri em Piracicaba é um número emblemático para Carajol ressaltar a importância deste programa sociocultural à cidade. “Muitos ex-alunos, após o término do período possível dentro do Guri, acabam tendo oportunidades em grupos musicais de Piracicaba e região. Alguns atuam até mesmo em formações fora do Brasil”.

A Banda União Operária e Orquestra Educacional de Piracicaba são grupos locais que, hoje, contam com adolescentes que passaram pelo Guri. Segundo o coordenador, atualmente tem duas meninas em intercâmbio – o Move (Musicians and Organizers Volunteer Exchange) – graças à formação musical do projeto. “A Jhenifer Nayara Alonso Costa, de 20 anos, está no Malawi, um país africano vizinho de Moçambique, e a Luana Paula Carvalho Silva, de 25 anos, na Noruega”.

Carajol classifica o Guri como uma “excelente oportunidade” para o desenvolvimento da habilidade musical da criança e do adolescente, além de “ampliar o contato deles com a música”.

Erick Tedesco

[email protected]