Projeto Revira começa na 3ª feira em quatro bairros

Projeto de educação ambiental vai de porta em porta. (Foto: Claudino Coradini/JP)

A partir de terça-feira (26), o projeto de educação ambiental “Revira” vai atuar nos bairros Monte Líbano, Novo Horizonte, Jardim Itapuã e Vila Cristina visando transformar a forma como a população destina os resíduos sólidos. A primeira etapa dos trabalhos será desenvolvida nos. O trabalho, de porta em porta, será realizado pelos profissionais da empresa ASD Treinamentos, contratada pela prefeitura, por meio da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba) para desenvolver as atividades. Eles irão orientar e sensibilizar os moradores de que é preciso colaborar com a melhoria da destinação dos resíduos.

“Os benefícios, a médio e longo prazo, são estimular os moradores a repensarem seus hábitos, internalizarem em suas rotinas práticas mais sustentáveis em relação ao consumo de descartáveis, ao destino de materiais recicláveis e orgânicos e, por meio de ações que estimulem o pertencimento, que os moradores possam conservar melhor seus bairros e a reduzirem o descarte irregular”, explica Elizabeth Nunes, bióloga do NEA (Núcleo de Educação Ambiental), da Sedema.

O coordenador de projetos da empresa ASD, Filipe Salvetti, explica: “Mapeamos os pontos de descarte irregular nos quatro bairros, entrevistamos moradores e profissionais que atuam nos bairros e montamos um diagnóstico socioambiental participativo e elaboramos um plano de ação com atividades informativas e utilização de meios de comunicação como rádio, jornal e carro de som”, afirma.

Ainda segundo Salvetti, na etapa seguinte terão encontros com os moradores dos bairros, visitas à cooperativa Reciclador Solidário e outros locais que trabalham com resíduos sólidos em Piracicaba. E, por fim, serão feitas ações em conjunto com os moradores. “Nosso objetivo é informar sobre os serviços da coleta oficial: lixo comum, recicláveis, Catacacareco, ecoponto, compostagem e outras formas de destinação de resíduos”, explica.

Os bairros contemplados para as primeiras ações do projeto foram definidos por apresentarem pontos viciados no descarte de lixo e entulhos. Após o diagnóstico dos bairros, as equipes realizaram as visitas de observação e foram localizados diversos pontos de descarte irregular, principalmente em terrenos baldios e na beira do Córrego do Enxofre, que atravessa esses quatro bairros. Também foram realizadas entrevistas com moradores, que levantaram necessidades e potencialidades dos bairros.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte − 16 =