Brinquedos doados foram arrecadados em evento realizado dia 14; 100 crianças foram presenteadas. (Foto: Amanda Vieira)

A quarta edição do Samba Brinquedão, realizado no último domingo (14), arrecadou mais de dois mil brinquedos e, nesta semana, começou a distribuição dos presentes as crianças atendidas pela CAF (Casa do Amor Fraterno) no bairro Monte Libano. Outros locais onde crianças carentes poderão receber presentes serão na Gaia+ e Casa do Hip Hop a partir da próxima semana.

Para Elenice Miranda D’Abronzo, vice-presidente e fundadora da CAF, o final do ano é uma época de transformação e festas, onde o Natal desperta a bondade das pessoas e as inúmeras ações voluntárias que acontecem para ajudar o próximo “e até mesmo de trazer sorrisos e felicidades, inclusive para as crianças com distribuição de presentes em algumas associações, como a nossa”, disse.

Elenice destaca, também, que essas ações são significativas nessa época do ano, pois as crianças aguardam ansiosas por este momento. “É normal que toda criança espere ganhar alguma coisa no Natal, porque isso se tornou uma tradição”, comenta.

Além disso, Elenice comenta que a entrega de presentes, diversos grupos procuram pela CAF para este fim. “Eles vem aqui e olham para as crianças com carinho. Sentir o carinho de todos eles e ao mesmo tempo olhar o rostinho de cada criança e a felicidade de abrir o presente, não tem preço”, conta.

A garotinha Lara Mel Gonçalves dos Santos, 8, falou que é muito bom “receber essas visitas” e que o seu presente a deixou muito fez. “Esta data a gente quer ficar com a família, isso é muito importante. Eu gostei muito do meu presente, me surpreendi. Agora vou ficar com a minha família e esperar nosso tradicional churrasco”, brincou.

Rafael Morgan Moreira de Lima, 12, reforça que os presentes o deixaram muito feliz. “Foi um brinquedo que eu queria”. Já Halyfer Luciano da Silva dos Santos, deixou claro que não esperava o presente que ganhou e que ficou muito feliz. “Natal é um momento com a sua família e para saber que a data existe”, comenta.

O voluntário João Neto Rosa, que participa da ação pela primeira vez com o grupo do Samba Brinquedão, reforçou que todas as ações que participou desde que decidiu ser voluntário, o fez crescer como pessoa e como profissional. “Conhecer a Casa do Amor Fraterno antes da entrega e mostrar nosso trabalho, do Samba Brinquedão, foi importante. Fiz esse trabalho pré-evento, para que as pessoas pudessem ver os destinos dos brinquedos doados e conhecer os projetos que as ONGs desenvolvem com crianças e adolescentes”.

Neto disse ter conversado com um adolescente de uma das casas de acolhimento “e o rapaz deixou claro para ele o quão as atividades realizadas dentro desse ambiente o fizeram bem”, relata.

A Casa do Amor Fraterno atende cerca de 200 crianças, porém apenas 100 receberam os presentes entregues na sexta-feira (20). A atividade junto ao projeto Samba Brinquedão aconteceu pela primeira vez na entidade.

Isabella Ercolin

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 4 =