Pugilista Ramon Batagello é convocado para Seleção Brasileira

Ramon disputou o Campeonato Brasileiro em 2020, o suficiente para agradar e ser chamado pela Seleção Foto: Arquivo Pessoal

Medalha de bronze na última edição do Campeonato Brasileiro, o lutador piracicabano Ramon Batagello começou a temporada 2021 com boas notícias. O pugilista do Centro Esportivo MR foi convocado para integrar a Seleção Brasileira de Boxe Olímpico e, no começo desta semana, já se apresentou no Centro de Treinamento de Alto Rendimento da CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe), em Santo Amaro, onde participará de um período de treinamentos e avaliações.

Em 2017, o atleta também foi chamado para treinar com a seleção nacional, mas não conseguiu participar em razão de motivos particulares. Agora, ele comemora a nova oportunidade. “Já faz algum tempo que eu estava batalhando por esse dia. Em 2017, não consegui participar, mas continuei tentando porque eu sabia que a minha vez chegaria. O que eu precisava era de tempo e seguir treinando muito. Tudo tem a sua hora. Esse período será ótimo para mim, porque eu vou treinar com os melhores atletas e isso vai me ajudar a evoluir na modalidade”, destacou Batagello.

PREPARAÇÃO
Acostumado a competir diversas vezes ao longo do ano, o lutador piracicabano enfrentou um momento atípico em 2020 por conta da pandemia da covid-19. Em 12 meses, Batagello disputou apenas o Campeonato Brasileiro, que teve a 75ª edição realizada em São Paulo, no mês de dezembro. O atleta do Centro Esportivo MR conquistou a medalha de bronze na competição, na categoria super pesado (+91 kg). A boa performance resultou na convocação para a seleção.

“Infelizmente não consegui ser campeão brasileiro no fim do ano passado, mas todos viram o meu desempenho e consegui ser convocado para a seleção nacional. Não tive férias e não deixei de treinar um único dia. Quero agradecer ao Gustavo Zandoval e ao Marcos Ribeiro (treinadores), e também agradecer o Coliseu Boxe Center (Ramon Batagello realizou intercâmbio durante 60 dias com a equipe de São Paulo). Eles foram os responsáveis pela minha preparação”, finalizou o pugilista.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dez + quatro =