Quartas de Final da Liga dos Campeões são definidas

Último Madrid e Liverpool teve polêmica envolvendo Sergio Ramos (branco) e Salah (vermelho) CRÉDITO: VI-Images/Getty Images

A Uefa definiu na última sexta-feira (19), os confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões de 2020/21. Dos quatro confrontos, dois chamam a atenção pelo equilíbrio das equipes e por serem repetições de duas das últimas três finais. O Paris Saint-Germain-FRA, de Neymar, fará a reedição da final do ano passado diante do Bayern de Munique-ALE, atual campeão europeu e mundial. O outro confronto será a reedição da decisão de 2018, entre Real Madrid-ESP, o vencedor daquele jogo, e Liverpool-ING, que também chegou na final de 2019 (e venceu). Os outros jogos são entre Manchester City-ING e Borussia Dortmund-ALE, e Chelsea-ING e Porto-POR.

Em nove partidas oficiais, o PSG tem vantagem sobre os alemães, com cinco vitórias e quatro derrotas, porém, no confronto mais importante entre eles, justamente a final de 2020, deu Bayern, com o gol do título marcado por Coman, ex-jogador do clube francês e que nasceu, justamente, na capital francesa. Neymar, Mppabe e companhia buscam a revanche, enquanto os alemães (invictos há 19 jogos na competição continental) buscam o bicampeonato.

O histórico de Real Madrid e Liverpool é equilibrado, com três vitórias para cada lado e duas finais de Liga dos Campeões entre eles, com um título para cada. Os ingleses, aliás, são uma das poucas equipes que venceram o time da capital espanhola na final, mas o que poderá ser trazido a tona nos jogos em abril é do que ocorreu em 2018.

O Real venceu por 3 a 1, mas contou com uma polêmica. Quando o jogo ainda estava 0 a 0, em uma disputa entre Sergio Ramos e Salah, o defensor usou o ombro do egípcio para aliviar sua queda, no qual o atacante sofreu uma entorse no ombro e teve que sair do jogo logo em seguida, vendo do banco seu time ficar com o vice. Sérgio Ramos foi criticado por supostamente travar de propósito o braço direito de Salah, impedindo que o atacante do Liverpool se protegesse na queda.

City e Dortmund se enfrentaram duas vezes na Liga dos Campeões, com uma vitória dos alemães e um empate, enquanto Chelsea e Porto se enfrentaram oito vezes, com cinco vitórias dos ingleses, duas dos portugueses e um empate. No único mata-mata, pelas oitavas da edição de 2006/07, o Chelsea avançou.

Mauro Adamoli

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 − sete =