Espetáculo mistura canções dos Beatles com música regional nordestina e literatura cordel
Espetáculo mistura canções dos Beatles com música regional nordestina e literatura cordel

Década de 60. Um poeta matuto que mora sozinho no meio do sertão nordestino descobre em seu rádio de pilha uma estação que só toca Beatles. O som é apaixonante, mas esse matuto não faz ideia de quem são esses “cabra arretado”, então ele decide imaginar como seriam esses Beatles. Assim começa o espetáculo Beatles Cordel, misturando canções dos Beatles com música regional nordestina e literatura cordel, com estreia marcada para o dia 21.02 no Sesc Piracicaba. A entrada é gratuita.

Quem imaginou tudo isso foi Rafael Beibi, vocalista da banda Zaíra com uma bagagem de 15 anos de dedicação intensa à pesquisa de forró e música nordestina. Beibi afirma com convicção que suas maiores influências musicais são os Beatles e Dominguinhos, e o desejo de misturar as duas coisas foi inevitável. Exatamente 50 anos depois dos garotos de Liverpool terem feito seu último show no telhado da Apple em Londres, o projeto ganha vida e sai em turnê sem prazo para acabar.

No show, músicas como “Day Tripper”, “Come Together” e “Something” ganham uma roupagem regional, em adaptações feitas com muito carinho para conservar o sentimento e pegada das versões originais. “Todo o universo de manifestações musicais e poéticas nordestinas traz uma densidade e uma pegada que, para mim, sempre conversaram muito com o rock´n´roll e psicodelia dos anos 60 e 70”, diz Rafael Beibi.

Entre uma música e outra, o personagem “Seu Quité” vai dividindo com o público suas descobertas sobre o grupo que, segundo o personagem, “toca um forró meio doido, que vem de umas terra mais longe que Sum Paulo”. O nome “Seu Quité” faz referência à música “Being for the benefit of Mr Kite”, e todos os demais personagens citados pelo matuto em suas descobertas sobre os Beatles fazem ligação com músicas dos Beatles, como a Socorro (Help!), que é filha do seu “Leanor do mercado” (Eleanor Rigby), o Sargento Pimenta (Sargent Pepper), “Maxuel da loja de ferragens” (Maxwell´s silver hammer) e “Seu Roberto da farmácia (Dr Robert).

No palco, além de Beibi no vocal, zabumba e violão, acompanham Rafael Virgolino na sanfona, Matheus Tagliatti no contrabaixo, Alysson Salvador na viola e cavaco, Guegué Medeiros na percuteria e Giovani Bruno interpretando Seu Quité.

SERVIÇO

Quinta feira 21.02, às 20h no Sesc Piracicaba (Rua Ipiranga, 155). Entrada gratuita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 2 =