Trecho da SP-308 entre Piracicaba e Charqueada está na lista das concessões (Amanda Vieira/JP)

De acordo com o relatório de sistema viário elaborado pela Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo) as rodovias da região de Piracicaba que serão concedidas à iniciativa privada e, portanto, poderão receber praças de pedágios, estão localizadas nos trechos entre São Pedro e Torrinha (SP304), Piracicaba e Charqueada (SP-308) e São Pedro e Rio Claro (SP-191).

A assessoria da agência informou ontem que a expectativa é de concluir o processo licitatório no segundo semestre. Segundo o estudo, o trecho da SP-304 (rodovia Geraldo de Barros) a ser concedido soma 58 quilômetros e está localizado entre os quilômetros 198 a 256 entre São Pedro a Torrinha.

Na Hermínio Petrin (SP308), a concessão ocorre entre os quilômetros 173 a 194 entre Piracicaba e Charqueada.

Já a SP-191, rodovia Carlos Mauro, terá um trecho de 40 quilômetros sobre concessão, entre São Pedro e Rio Claro.

A cidade de Rio Claro vai sediar uma das audiências públicas anunciadas pela Artesp para colher sugestões e contribuições ao projeto de concessão do sistema rodoviário anunciado na semana passada pelo governador do Estado, João Doria (PSDB).

A consulta pública vai acontecer no dia 12 de março, às 10h30, no auditório do Núcleo Administrativo Municipal, na rua Dr. Eloy Chaves, 3.265, no bairro Alto Santana. Além das audiências públicas, a agência reguladora disponibilizou site (www.artesp.sp.gov.br) para envio de sugestões sobre o assunto.

Na última sexta-feira (15), o governador João Doria (PSDB) anunciou a primeira concessão rodoviária de sua gestão, que prevê investimentos em torno de R$ 9 bilhões num período de 30 anos.

O projeto inclui obras de ampliação e modernização da infraestrutura de 1.201 quilômetros de rodovias, sendo que 417 quilômetros de vias serão duplicados. O novo lote ligará a região de Campinas, desde Piracicaba até Panorama, no extremo oeste do Estado, divisa com o Mato Grosso do Sul.

O novo lote, entre Piracicaba e Panorama, é composto pela malha de 218 quilômetros atualmente operada pela concessionária Centrovias, do Grupo Arteris, cujo contrato vence este ano, além de 983 quilômetros operados pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagens) que passarão a receber todas as modernizações do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado.

Beto Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + 20 =