Residencial Bem Viver registra duas mortes de idosas por covid-19

Idosas tinham 80 e 85 anos, respectivamente (Foto: Amanda Vieira/JP)

Os efeitos da pandemia de coronavírus em Piracicaba atingiu mais uma instituição que cuida de idosos na cidade. O Residencial Bem Viver, localizado no Dois Córregos, registrou ontem duas mortes de residentes por Covid-19. As idosas de 80 e 85 anos estavam internadas em hospitais do município e morreram ontem.

No asilo, segundo o administrador Edvaldo Pereira da Silva, testes rápidos realizados pela Vigilância Epidemiológica, detectaram 11 idosos e cinco funcionários infectados com o vírus que, até agora, mataram 13 pessoas em Piracicaba.

Segundo Pereira, há 50 dias a instituição vem passando por procedimentos preconizados pela Vigilância do município, entre eles, a suspenão das visitas e o encaminhamento dos idosos com sintomas da doença.

Pereira contou que, além da idade, as duas residentes tinha comorbidades (doenças degenerativas).

Dos 11 idosos diagnosticados com a doença, quatro estão internados há uma semana e dois permanecem na instituição em isolamento. Já os funcionários que testaram positivo estão em isolamento domiciliar.

“Desde o início da pandemia a Vigilância Epidemiológica faz monitoramento dos idosos”, contou o administrador.

Pereira contou que todos os materiais que dão entrada na instituição, como medicamentos e alimentos são higienizados na entrada.

Ele contou que as famílias dos residentes são informadas sobre o quadro de saúde e medidas de isolamento adotadas.

“Nós nos informamos para podermos informar as famílias”, afirmou.

LAR BETEL
Com as duas mortes registradas ontem no residencial, das 13 mortes na cidade, dez foram de moradores de asilos. No Lar Betel, oito idosos morreram de Covid-19. Na bateria de testagem realizada na instituição, na semana passada, 41 idosos e 25 funcionários foram diagnosticados com a doença.

Beto Silva

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 5 =