Rojões e animais não combinam

Foto: Pexels

Barulho pode assustar as várias espécies de animais e dependendo do estresse causado pode até matar

A festa junina é um momento de diversão para a comunidade, contudo os animais podem não se divertir com essa celebração. Fogos de artifício, bombinhas (ou estalinhos como são comumente denominadas) e balões de São João são artifícios que podem ilustrar a comemoração, mas que causam estresse, ansiedade e medo nos animais que não compreendem bem o barulho e cheiros que esses instrumentos podem causar.
A reação de cada espécie pode variar, cães normalmente procuram se esconderem em baixo de moveis ou procuram abrigo perto dos donos. Já os gatos ficam com o corpo encolhido próximo do chão e com a pelagem arrepiada. Os pássaros por sua vez ficam muito eufóricos piando alto, caso eles fiquem muito estressados podem literalmente morrer de medo.
Uma forma de ajudar o animal é acolhe-lo em um cômodo fechado e seguro para abafar ao máximo os ruídos dos fogos. Vale ligar um som ou a TV para camuflar o barulho externo. O truque para diminuir o estresse é distraí-lo por isso Brinque com o pet para demonstrar a ele que está em um ambiente seguro. Vale investir em atividades para estimular o faro, a “caça” e a alimentação.
Se o pet se esconder e não quiser interagir, o mais importante é respeitar o comportamento, observar e esperar o melhor momento para oferecer um ambiente com brinquedos e estímulos positivos.
Fique atento também aos quitutes juninos! Alimentos que fazem a alegria dos humanos podem esconder perigos aos animais, por isso é preciso resistir aos olhares pidões e não compartilhar as refeições e aperitivos com os pets.
Procure um médico-veterinário ou zootecnista especializado em comportamento de cães e gatos para ter dicas mais especializadas, ou receitas de medicamentos calmantes para os animais.

CAMPANHA

Para ajudar a reduzir o estresse dos cães e gatos durante o período, a campanha “Não brinque com fogos, brinque com o seu pet”, criada pela a PremieRpet. A campanha conta com ações informativas e brindes em pontos de venda de todo o país, site com orientações veterinárias, um vídeo ensinando a lidar com a situação de stress e até um filtro no Instagram para os tutores manifestarem seu apoio ao não uso de fogos.

Larissa Anunciato
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

seis − um =