Salão de Humor inaugura 47ª edição com live e mostra online

Pela pela primeira vez na história do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, uma inauguração de edição será virtual. Aliás, devido à persistência da pandemia da covid-19, a 47ª mostra migrou para o online. O evento inaugural é hoje, às 19h, por meio de uma live (no Instagram @salaodehumordepiracicaba), em que o diretor do Cedhu (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor Gráfico de Piracicaba) e sua equipe apresentarão os vencedores de todas as categorias, receberão convidados especiais e mostrará como fazer a visita, no site www.salaointernacionaldehumor.com.br.

A 47ª edição do Salão, assim como o 8º Salãozinho de Humor, ficam no site até 29 de setembro. A principal conta com 316 trabalhos de 172 artistas e 32 países. Ao todo são 50 caricaturas, 50 cartuns, 50 charges, 50 tiras, 50 trabalhos na temática Comunicação, 50 da categoria Saúde Unimed e 16 esculturas. Já o Salãozinho tem 30 trabalhos na categoria de 7 a 10 anos e 30, entre 11 a 14 anos.

Como em anos anteriores, e que demarca o São de Humor de Piracicaba como um dos maiores do gênero no mundo, são obras são de artistas de diversos países, como Argentina, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, China, Colômbia, Cuba, Eslováquia, Espanha, França, Índia, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Sérvia, Turquia, Ucrânia, Uzbequistão e outros.

O humorista Paulo Bonfá, presidente desta edição, define a inauguração do Salão de Humor de Piracicaba neste sábado como uma “data marcante”, “Porque se trata da primeira edição virtual deste evento tão tradicional e capaz de reunir pessoas em torno da temática do humor. É um sinal do tempo e da contingência da pandemia. Então, para preservar a saúde de todos, e ao mesmo tempo manter viva a divulgação dos desenhos cômicos, optou-se pela versão online e gratuita”. Bonfá ainda chama a atenção para um número em especial. “É uma edição com obras de 52 cartunistas mulheres, com trabalhos vigorosos”.

Bonfá revela que a escolha das obras foi difícil, mas se trata de uma edição heterogênea, mas representa muito bem o momento atual pelo qual passa a humanidade. “A temática da pandemia perpassou por artistas do mundo todo, mas tem também outros tons criticos e bem-humorados, que valem a pena a visita”.

A titular da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo), Rosângela Camolese, concorda. “Apesar do momento que estamos vivendo, tivemos um grande número de trabalhos nesta edição. São 47 anos que demonstram a importância do salão junto aos artistas de nacionalidades distintas, como referência das artes gráficas”, afirma.

Spadotto revela que o presidente da AHA (Associação dos Amigos do Salão de Humor), Edson Rontani Jr, participará da live para anunciar o terceiro concurso de cartazes, que será o oficial da edição 2021. O diretor do Cedhu ainda conta sobre a possibilidade da 47ª edição ter um período de visita presencial. “Seria em outubro, apenas aos fins de semana mas não é uma promessa. É algo que depende de como a cidade estará e como estará o enfrentamento à covid-19”.

SERVIÇO

47º Salão Internacional de Humor e 18º Salãozinho de Humor. De 29 de agosto a 29 de setembro – Exposição Online (www.salaointernacionaldehumor.com.br).

Erick Tedesco