Salão Universitário abre a exposição “Seria cômico, se não fosse trágico”

Foto: Acervo Unimep

Mostra reuniu premiados do meio ambiente das edições de 2009 a 2017

O Salão Universitário de Humor da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) iniciou nesta quarta-feira (1º), a exposição “9 Paralelas do Meio Ambiente – Seria cômico, se não fosse trágico”. Com trabalhos premiados e selecionados na categoria nos últimos anos, as obras se encontram na Galeria do Campus Taquaral da instituição. A visitação pode ser feita durante o horário de funcionamento da universidade, de segunda a sexta, das 7h às 23h.

As edições anteriores contaram com premiações relacionadas ao meio ambiente, no qual a retoma das obras expostas visa propor a sensibilização e a conscientização sobre as questões ambientais, por meio da linguagem do humor gráfico.

Além disso, a mostra segue junto ao contexto do dia do meio ambiente, em 5 de junho, e também, devido ao lançamento da Agenda 2023 de Piracicaba.

“As obras premiadas e selecionadas na categoria Meio Ambiente em anos anteriores, surge na retomada do Salão Universitário de Humor, após dois anos de suspensão das exposições por conta da pandemia. Nesta retomada, o Salão Universitário de Humor se prepara para celebrar seus 30 anos, a ser comemorado nos próximos meses”, disse a coordenadora do Centro Cultural Martha Watts, Joceli Cerqueira.

Os trabalhos expostos são do “Prêmio Meio Ambiente” de 2009 a 2017. Os artistas premiados durante esses anos foram: José Antônio Costa, Osvaldo da Costa, Saman Ahmadi, Bruno Ortiz, Pooya Sareh, Denis Leandro Carvalho Fioravante, Eldes de Paula Oliveira e Rodrigo da Silveria. As obras se integram nas categorias: charge, cartum e história em quadrinhos (HQ).

O evento é uma realização da Diretoria de Extensão e Cultura da Unimep, tem a organização do Centro Cultural Martha Watts e o apoio da Oscip Pira 21 – Piracicaba realizando o Futuro.

HUMOR UNIVERSITÁRIO
O Salão Universitário de Humor nasceu em 1992, com o intuito de ser um espaço de manifestação artística e aos jovens artistas. Atualmente é reconhecido como um evento latino-americano.

Fernanda Rizzi
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 + 1 =