Jogador foi campeão da Copa Paulista de 2016 com o clube. (Foto: Divulgação)

O XV de Piracicaba apresentou na tarde da última sexta-feira (31), por meio de uma web-entrevista, o lateral-esquerda Samuel Balbino, que está em sua terceira passagem pelo Nhô Quim. Samuel é um dos campeões da Copa Paulista de 2016 e, mesmo tento um título com a camisa zebrada, sabe que precisa conquistar o acesso para gravar de vez seu nome na história do Nhô Quim. “Tive bons momento na equipe quando conquistamos a Copa Paulista e levamos a equipe para a Série D do Brasileiro, mas já passou. Se nada der certo agora na A2, tudo que consegui aqui será esquecido, então meu foco é voltar bem e entrar em forma o mais rápido possível”, disse.

O novo velho lateral alvinegro também falou do amor no retorno a Piracicaba, justamente no aniversário da cidade. “Vim aqui para somar, estou muito feliz em voltar, já que estou muito motivado e me sinto em casa. Moro aqui agora, tenho um carinho muito grande pelas pessoas que trabalham aqui e pelo clube, então espero não os decepcionar”, comentou.

O XV está na quinta posição e jogará nas últimas rodadas contra o líder São Bernardo e os dois últimos colocado (Penapolense e Votuporanguense). Mesmo continuando como um dos favoritos, Samuel sabe que não adianta ficar na teoria, já que o XV tem que mostrar no campo que tem condições de subir. “O XV manteve a base da equipe, mas temos que tirar isso do papel, não adianta manter os jogadores e não jogar bem. Estamos trabalhando forte pensando nisso. Queremos voltar bem para conquistarmos os pontos que faltam para terminarmos bem colocado na tabela”, detalhou.

Samuel também falou sobre como será voltar a trabalhar com o técnico Evaristo Piza, já que foi um dos laterais do comandante em sua antiga passagem pela equipe. “A primeira vez que trabalhei com ele foi no Penapolense. Fiquei apenas dois meses e fui emprestado para o XV na sequência. Depois trabalhamos juntos em 2017, agora aqui no XV. É um treinador que fala por si próprio, sua história já diz tudo, vitorioso por onde passou. Qualquer jogador que chega aqui passa pelo treinador, então ele aceitou minha volta, fiquei muito feliz e espero ajudar muito ele” explicou.

Por fim, o atleta falou sobre como será atuar em campo neutro, já que Piracicaba está na fase vermelha do Plano São Paulo e a possibilidade de atuar no Barão é pequena. “Será complicado, porque estamos acostumados com o calor da torcida piracicabana. Teremos que passar por cima de várias dificuldades para conseguir o acesso e uma delas será essa, já que a torcia é nosso 12° jogador. Mas tenho certeza de que iremos superar essa adversidade, já que não importa o lugar, iremos jogar da mesma forma”, completou Samuel.

Mauro Adamoli

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 4 =